Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 26 de Outubro de 2021

Esporte

Corinthians lança camisa azul para lembrar o dia em que foi Brasil

Uniforme é inspirado em partida na qual o Timão representou a seleção brasileira, contra o Arsenal, em 1965

Globo Esporte.com

04 de Julho de 2013 - 13:18

O Corinthians lançou na manhã desta quinta-feira, em um espaço na zona oeste de São Paulo, seu terceiro uniforme para esta temporada. Como já havia sido revelado pela fornecedora de material esportivo, a nova camisa do Timão é azul, com detalhes em preto e branco na parte interna das mangas.

 A camisa é inspirada em um modelo utilizado pelo Corinthians em 1965, quando o clube representou a seleção brasileira em um amistoso contra o Arsenal, em Londres. Na gola, a inscrição “És do Brasil o clube o mais brasileiro: 16 de novembro de 1965” lembra a data do confronto, quando o Timão contava com ídolos como Rivellino e Flávio. A opção pela cor aconteceu, também, pensando na Copa do Mundo de 2014.

Os atacantes Alexandre Pato e Romarinho foram os modelos do lançamento e aprovaram a roupa nova.

- Por fora é Brasil, por dentro Corinthians. Espero que todos tenham gostado. É uma honra vestir essa camisa - afirmou Pato.

Durante o evento, o Timão prestou homenagens a Roberto Rivellino, craque histórico do Timão e da Seleção e que participou do duelo contra o Arsenal, e a seu Miranda, funcionário mais antigo do clube - trabalha há 49 anos no Parque São Jorge. Rivellino agradeceu a lembrança e falou sobre o duelo contra os ingleses e sobre a maneira como ele tentou, em vão, amenizar o frio de Londres.

- Como é bom receber homenagem em vida. Às vezes, no Brasil, só quando o ídolo morre é que ele é lembrado. Fico feliz pela oportunidade. Tive essa oportunidade representar a seleção brasileira. Estava um frio danado. O (Osvaldo) Brandão era o treinador. Meu pé não sentia a bola. No intervalo, falei para o Brandão e nós tomamos conhaque. Não esquentou e nem ficamos bêbados (risos).

Tradição polêmica

Nos últimos anos, as terceiras camisas do Corinthians têm gerado polêmica entre os torcedores. Em 2008, o clube adotou a cor roxa, em alusão ao termo “corintiano roxo” – três modelos de uniforme chegaram a ser lançados, mas o departamento de marketing, à época representado por Luis Paulo Rosenberg, ouviu duras críticas de boa parte da torcida, que julgava uma fuga à tradição alvinegra do Timão.

Além da camisa roxa, o Corinthians ainda teve, nos últimos anos, uma listrada de bege e branco (2010, comemorativa do centenário), uma grená (2011, em alusão a uma homenagem feita pelo Timão ao Torino em 1949, por conta de uma tragédia que vitimou os jogadores do clube italiano) e uma cinza (2012, com o contorno do mapa do estado de São Paulo desenhado).