Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 21 de Outubro de 2020

Esporte

Cristiano Ronaldo testa positivo para Covid-19 e é dispensado da seleção portuguesa

Globo Esporte

13 de Outubro de 2020 - 13:16

Cristiano Ronaldo postou foto com todo o elenco reunido horas antes de testar positivo para a Covid-19 — Foto: Reprodução/Twitter

A Covid-19 chegou a um dos principais astros do futebol mundial. O craque Cristiano Ronaldo testou positivo para a doença e foi dispensado da seleção de Portugal, conforme anunciou a federação do país nesta terça-feira. De acordo com comunicado da FPF, o jogador está assintomático e se sente bem, já se encontrando em isolamento. Na noite da última segunda, porém, ele postou uma foto em que todo o elenco da seleção estava reunido para jantar.

Após a confirmação da infecção de Cristiano, todos os jogadores da seleção lusa realizaram novos exames nesta terça-feira, e nenhum deles testou positivo. Desta forma, o camisa 7 será o único desfalque de última hora para o técnico Fernando Santos diante da Suécia, pela Liga das Nações, nesta quarta-feira, em Lisboa.

A seleção portuguesa treinaria na manhã desta terça-feira, quando o técnico Fernando Santos também concederia entrevista coletiva. A atividade acabou adiada, sem motivo oficial divulgado pela federação. A imprensa portuguesa, então, trouxe à tona que o teste feito por Cristiano Ronaldo havia dado um resultado inconclusivo. O atacante precisou fazer um novo exame, e as atividades ficaram suspensas até o novo resultado.

A confirmação da infecção de CR7 surge apenas dois dias depois de o craque ir a campo para enfrentar a França, no último domingo, também pela Liga das Nações, em Paris. Antes, ele havia participado do amistoso contra a Espanha, na quarta-feira passada, em Lisboa. Ele viajou junto à delegação para a capital francesa no fim de semana, retornando à capital portuguesa para o confronto desta quarta.

A Juventus ainda não se manifestou oficialmente sobre a infecção de Cristiano Ronaldo, mas o jogador deve ser desfalque para Andrea Pirlo em pelo dois compromissos da equipe italiana. Ele não estará disponível diante do Crotone, pelo Campeonato Italiano, no próximo sábado, e contra o Dínamo de Kiev, na estreia na Liga dos Campeões, na terça-feira que vem.

Ainda não há confirmação se o craque luso poderá atuar diante do Verona, também pela Série A, no dia 20. Para alívio dos fãs da Juventus e dos ansiosos pelo reencontro com Messi, Cristiano deve estar liberado para enfrentar o Barcelona, no dia 28, uma vez que terá completado os 14 dias desde a confirmação da infecção.

Cristiano Ronaldo foi um dos atletas a se envolver em polêmica na Itália ao deixar a concentração da Juventus no dia 4 de outubro para poder se apresentar à seleção. Dois funcionários do clube italiano testaram positivo para a Covid-19 na época, demandando que o elenco ficasse isolado em uma bolha no CT da equipe, como exigem as autoridades locais. Porém, CR7, Danilo, Bentancur, Dybala e Cuadrado deixaram o local e viajaram para atuar com suas equipes. A autoridade de saúde de Turim denunciou os envolvidos ao Ministério Público.