Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 19 de Setembro de 2020

Esporte

'Ele não estava normal', diz Cuca sobre live em que Danilinho o acusou de cobrar por escalações

Em entrevista à RB, o treinador disse que o jogador vai ter que responder na justiça pelo que disse.

Band Esporte

14 de Junho de 2020 - 19:28

Durante uma live em seu Instagram, o atacante Danilinho, ex-jogador do Atlético-MG, que hoje atua pelo Central-PE, acusou o treinador Cuca de cobrar dinheiro para escalar os atletas Neto Berola e Guilherme. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o técnico negou as acusações e disse que vai tomar atitudes cabíveis na justiça.

"Não gosto de polêmica, isso tem que ser perguntado pra ele. Diversos órgãos me ligaram, e hoje o celular é uma arma, ele é uma pessoa pública. O que ele falou, ele tem que ser responsável pelo que faz. Acusou dois jogadores, o Berola e o Guilherme, é uma leviandade muito grande, lamentável, tentou justificar um êxito que ele não teve, foi infeliz de citar dois reservas do time. Tenho que defender mais os jogadores do que a mim", disse o treinador.

Comandante do Galo entre 2011 e 2013, Cuca negou veementemente as acusações de Danilinho e garantiu: "Ele vai responder judicialmente isso aí, não tenha dúvida".

Danilinho teve duas passagens pelo Atlético, a primeira entre 2006 e 2008, e a segunda, quando trabalhou com Cuca, em 2012. Após oito meses, uma rescisão contratual colocou fim à relação com o clube mineiro após o jogador cometer atos consecutivos de indisciplina.

"A gente nem deve dar muita importância a isso, se você olhar o vídeo, é melancólico. Dá pra ver que não está no normal dele, mistura as coisas, são coisas muito confusas, não tem nada claro do que ele fala. Pra mim não muda nada, vou dormir hoje tranquilo", finalizou Cuca.