Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 21 de Setembro de 2020

Esporte

Em Campinas, Corinthians tenta recuperar bom futebol da estreia no Paulistão

Timão visita a Ponte Preta nesta quinta-feira em busca da segunda vitória na competição

Band Esporte

30 de Janeiro de 2020 - 16:30

O Corinthians enfrentará na noite desta quinta-feira, em Campinas, seu teste mais difícil até o momento no Campeonato Paulista. Às 21h30, o time alvinegro vai encarar a Ponte Preta em Campinas com o objetivo de recuperar as boas sensações que deixou no ar em sua estreia no torneio estadual, há uma semana, quando goleou o Botafogo por 4 a 1.

No último domingo, o Corinthians empatou por 1 a 1 com o Mirassol, fora de casa, mas assim mesmo ocupa a liderança do Grupo D do Paulista, com quatro pontos. No Moisés Lucarelli, Tiago Nunes terá a chance de deixar a equipe mais afiada para seu primeiro clássico como treinador corintiano, no domingo, contra o Santos, em Itaquera.

O tropeço em Mirassol esfriou um pouco o entusiasmo da torcida alvinegra, mas os jogadores não parecem muito preocupados com isso. O lateral-direito Fagner, por exemplo, afirmou que alguma oscilação de rendimento é normal nos primeiros jogos da temporada.

"É o início, temos de achar um equilíbrio para fazermos o nosso jogo", disse o jogador. "Do outro lado existem adversários que assistem às nossas partidas, nos estudam e tentar achar alguma falha para tirar proveito. Temos de nos reinventar a cada jogo e é só com jogo que vamos tirar lições para melhorar."

Além de voltar a vencer, o Corinthians tentará contra a Ponte terminar uma partida sem sofrer gols pela primeira vez na temporada. Contando a Florida Cup, foram quatro jogos disputados em 2020, com cinco tentos sofridos (vitórias por 2 a 1 sobre o New York City e 4 a 1 sobre o Botafogo, empate por 1 a 1 com o Mirassol e derrota por 2 a 1 para o Atlético Nacional de Medellín).

Tiago Nunes vai contar nesta quinta-feira com a volta do atacante Everaldo, que se recuperou de uma lesão de púbis e foi inscrito no Paulista - ele não joga desde agosto do ano passado. O jogador pode entrar na equipe no lugar de Janderson, mas é mais provável que fique no banco de reservas.

O volante colombiano Cantillo, um dos jogadores contratados para a temporada, ainda não teve sua documentação regularizada. Existe a possibilidade de isso ocorrer nesta quinta, mas é pouco provável que ele esteja à disposição de Tiago Nunes para a partida contra a Ponte Preta.

A partida desta quinta será disputada apenas com torcedores pontepretanos no estádio. A ausência da torcida corintiana é uma exigência do Ministério Público (MP), em virtude de muitos incidentes e confrontos verificados no estádio de Campinas nos últimos anos.

PONTE PRETA - Para o jogo desta quinta, o técnico Gilson Kleina não poderá contar com o volante Camilo, que tem negociações avançadas para trocar a Ponte pelo Lyon, da França. Ele vinha sendo titular do time campineiro desde a última Série B do Campeonato Brasileiro. Ao todo, disputou 32 partidas e marcou três gols. O time campineiro vai receber perto de R$ 8 milhões e ainda terá 20% do atestado liberatório do atleta.

Quem vai ganhar uma oportunidade no meio-campo, portanto, é Dawhan, mas o esquema com três peças ofensivas fica mantido. "Não temos no elenco um jogador da qualidade do Camilo, que tanto marca como apoia, além de excelente passe. Mas, vamos nos ajeitar com o que temos no elenco", explicou Gilson Kleina.

O técnico ainda retificou a sua postura neste início de competição. Ele manteve na vitória com o Botafogo, por 1 a 0, a mesma formação que tinha perdido, em casa, por 3 a 2, para o Santo André. "Tinha a convicção de que era a melhor formação. Mas todos sabem que trabalhamos poucos dias e ainda estamos bem abaixo em termos de ritmo de jogo" justificou.

Uma boa notícia para o treinador é que o volante Bruno Reis, o lateral-esquerdo Guilherme Lazaroni e o meia João Paulo estão confirmados. O trio era dúvida por conta de questões físicas, mas treinou normalmente pela manhã de terça-feira.