Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Janeiro de 2021

Esporte

Fragilizado no ataque, São Paulo pega CRB e tenta eliminar segundo jogo

Tricolor não terá Luis Fabiano, autor de mais gols que todos os outros atacantes juntos. Pato vira arma. Alagoanos apostam no fator casa

Globo Esporte

23 de Abril de 2014 - 08:25

No dia em que precisará de gols para eliminar o segundo jogo, o São Paulo, ironicamente, atuará sem boa parte de sua força ofensiva. Depois de passar pelo CSA na primeira fase da Copa do Brasil, o Tricolor volta a Maceió para enfrentar o CRB, nesta quarta-feira, às 22h, no estádio Rei Pelé, tentando provar que pode viver sem o bom momento do centroavante Luis Fabiano, poupado pelo técnico Muricy Ramalho.

O ataque do Tricolor funcionou pouco sem o Fabuloso. Sozinho, ele marcou mais gols do que todos os outros atacantes somados. O camisa 9 balançou as redes 12 vezes, contra três de Ademilson, provável substituto, e Osvaldo, além de uma de Ewandro, Pabón e Pato. O vice-artilheiro do time na temporada é o zagueiro Antônio Carlos, com cinco.

Na fase anterior, o São Paulo passou por outro alagoano, o CSA, mas não evitou o confronto no Morumbi. Para que isso aconteça, a equipe paulista precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. Assim, anulará a partida marcada para 7 de maio. Quem passar enfrenta o vencedor do duelo entre Figueirense e Bragantino.

Depois de eliminar o Rondonópolis, o CRB aposta em um bom resultado em casa. O time se divide neste momento entre o sonho de bater um gigante na Copa do Brasil e brigar pelo título estadual – faz a final contra o Coruripe. Os destaques do Galo são o volante Olívio e o atacante Denílson, artilheiro do Mundial de Clubes de 2009, pelo Pohang Steelers, da Coréia do Sul.

Pablo Ramón Gonçalves Pinheiro (RN) apita a partida. Os assistentes são Daniel Vidal Pimentel (SE) e Victor Oliveira Cruz (SE). A Rede Globo transmite a partida para SP, PR e AL (com Cleber Machado, Casagrande e Leonardo Gaciba). Você acompanha também, em Tempo Real com vídeos, no GloboEsporte.com.

Escalações 690

CRB: o técnico Eduardo Souza conta com o retorno do volante Olívio, ponto de equilíbrio do meio-campo regatiano. Domingo, o jogador cumpriu suspensão contra o ASA e vai entrar no lugar de Bogé. O treinador ainda faz mistério sobre a escalação e não definiu se aposta no atacante Tozin ou no experiente Denílson, que iniciou o coletivo de terça-feira entre os reservas. Liberado pela direção para resolver problemas particulares, o meia Diego Rosa não treinou na terça e pode ser ser substituído por Geovani. A provável escalação do Galo tem: Júlio Cesar; Paulo Sérgio, Marcus Vinícius, Gabriel e Gleidson; Olívio, Audálio, Johnnattan e Diego Rosa (Geovani); Marcelo Maciel e Tozin (Denílson).

São Paulo: Muricy Ramalho fará apenas uma mudança em relação ao time que venceu o Botafogo na estreia no Brasileirão. O centroavante Luis Fabiano, desgastado fisicamente, sequer viajou e deve dar lugar ao garoto Ademilson. O meia Boschilia, titular pela primeira vez no último fim de semana, está mantido. A formação é a seguinte: Rogério Ceni, Douglas, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Alvaro Pereira; Souza, Maicon, Boschilia e Ganso; Alexandre Pato e Ademilson.

Quem esta fora 690

CRB: Henrique Dias, lesionado.

São Paulo: Luis Fabiano, poupado.