Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 16 de Junho de 2021

Esporte

Fundesporte e Assomasul debatem organização da 17ª Copa Assomasul

Portal do MS

08 de Maio de 2021 - 10:32

Fundesporte e Assomasul debatem organização da 17ª Copa Assomasul
Edson Ribeiro/Assomasul

Maior campeonato de futebol amador do Centro-Oeste, a Copa Assomasul pode ter a 17ª edição realizada na segunda quinzena de julho deste ano. Tudo depende do cenário da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no estado.

Para a bola rolar a partir do segundo semestre, Fundesporte e Assomasul estudam a adoção de protocolos rígidos de biossegurança específicos à competição. “A Copa Assomasul é uma das principais e mais tradicionais competições do calendário esportivo estadual e estamos alinhando uma forma segura de retomar o evento a partir de julho”, afirma o titular da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda.

Durante à pandemia, a Fundesporte tem se reinventado na organização de eventos e serve de exemplo quanto à aplicação severa de medidas de biossegurança. Assim foi na Corrida Digital, com formato inédito no país e no sediamento da Supercopa de Vôlei, marcando a reinauguração do ginásio Guanandizão, em Campo Grande.

As estratégias para organizar a competição, que tem o Governo do Estado como um dos principais apoiadores, foram debatidas em reunião na última semana.

A discussão envolveu o diretor-presidente da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Marcelo Ferreira Miranda; o presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), Valdir Júnior, e o diretor esportivo da entidade municipalista e prefeito de Bela Vista, Reinaldo Piti.

Edição cancelada

A 17ª Copa Assomasul chegou a ser aberta em 2020, no dia 7 de março, em Dois Irmãos do Buriti (MS), município detentor do último título. Todavia, as disputas foram suspensas no dia 16 do mesmo mês em virtude do avanço da Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Apenas três rodadas foram realizadas, em Dois Irmãos do Buriti, Sidrolândia e Bela Vista.

Com jogos aos fins de semana, o campeonato reúne anualmente mais de 50 equipes formadas por servidores públicos municipais. O objetivo é promover intercâmbio e integração entre as cidades. O Governo do Estado, via Fundesporte, é um dos principais parceiros do evento, criado durante o mandato de Reinaldo Azambuja à frente da Assomasul (2001 a 2003), quando também era prefeito municipal de Maracaju.

Em 19 de dezembro de 2017, Reinaldo Azambuja e Marcelo Ferreira Miranda receberam uma placa das mãos dos coordenadores da competição em homenagem ao apoio institucional dado à Copa Assomasul. O diretor-presidente da Fundesporte recebeu a mesma homenagem em dezembro de 2019, última edição da Copa antes da paralisação.