Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 20 de Setembro de 2020

Esporte

Joaninha sofre queda grave e sai do Duelo de Motos de ambulância; Kyrillos cai ao tentar um front flip

Fred se acidentou ainda durante o aquecimento para o evento.

Globo Esporte

02 de Fevereiro de 2020 - 19:26

Os oitos finalistas do Duelo de Motos já sabiam que a parada seria dura em Atibaia, no interior de São Paulo. Em busca das melhores manobras, no entanto, dois brasileiros assustaram o público na manhã deste domingo: Joaninha e Fred Kyrillos. Kyrillos, que estava em busca do tetracampeonato, caiu no aquecimento para as quartas de final ao tentar fazer um front flip, um mortal para frente. Na semifinal, Joaninha perdeu o contato dos pés com a moto em um dos saltos e caiu feio. Um baita susto para a torcida, que só ficou mais tranquila depois que o piloto fez um aceno positivo enquanto era imobilizado para entrar na ambulância.

O repórter Filipe Cury, que estava próximo ao piloto no momento do atendimento médico, acompanhou a colocação de um colar cervical e notou que Joaninha se queixava de dores no ombro e na perna esquerda. Após os primeiros exames, foi constatado que o brasileiro teve uma fratura exposta no fêmur e precisará passar por uma cirurgia.

A queda de Kyrillos, ainda no aquecimento, também preocupou o público. Com lesões no ombro direito, joelho e tornozelo esquerdo, Fred não pôde participar da competição, ficando de fora da disputa pelo seu quarto título.

O risco de realizar o front flip ficou evidente durante toda a semana do Duelo de Motos. Na sexta-feira, durante os treinos livres, Tatá Pelegrino também se acidentou ao tentar completar a manobra. O piloto acabou rompendo os ligamentos do ombro e ficou na torcida durante a competição no domingo.