Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 20 de Setembro de 2020

Esporte

Leclerc vence GP da China e anota segunda vitória consecutiva na F1 virtual

Alex Albon e Guanyu Zhou completaram o pódio da terceira competição online promovida pela F1. Pietro Fittipaldi, único representante do Brasil, ficou em 11° lugar

GloboEsporte

19 de Abril de 2020 - 16:40

A terceira prova online da Formula 1 Virtual teve mais uma vitória do piloto da Ferrari, Charles Leclerc. Foi no GP da China, no circuito de Xangai, que o monegasco anotou a segunda vitória na competição online, promovida pela F1. A etapa deste domingo contou com vinte competidores, entre eles pilotos e reservas da F1, F2 e F3, jogadores profissionais de futebol e do golfe. A próxima etapa será decidida em votação popular e está entre: Suzuka, Interlagos, Circuito das Américas e Cidade do México.

Conforme o regulamento do campeonato virtual, os pilotos entraram primeiro na pista para o treino classificatório, que determinou a ordem dos pilotos no grid de largada. Charles Leclerc, da Ferrari, assumiu a pole. O brasileiro Pietro Fittipaldi, reserva da Haas, ficou em décimo. O treino teve 18 minutos de duração.

Com o GP da China em andamento, a prova teve 50% do tamanho original, 28 voltas. Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, foi descontectado na volta 22 e foi desclassificado da prova. Alex Albon, da RBR, pressionou Leclerc, mas foi o piloto da Ferrari que dominou o GP da China de ponta a ponta. Essa foi a segunda prova vencida por Leclerc, ele não participou do primeiro GP virtual e começou a jogar a cerca de três semanas. Guanyu Zhou, da Formula 2, completou o pódio em terceiro lugar.

Alex Albon teve Thibaut Courtois, goleiro do Real Madrid, como parceiro e disse que nos treinos Courtois parecia um profissional, que chegou a se sentir ameaçado. O piloto também mencionou o lado positivo da profissão em tempos de pandemia.

- Ao contrário da FIFA e da NBA, os jogadores não conseguem fazer coisas parecidas com a vida real. O simulador da F1 cé o único jogo que consegue te manter ativo no que faz - disse ao fim da prova.

Confira o resultado final:
1 - Charles Leclerc (Ferrari)
2 - Alex Albon (RBR)
3 - Guanyu Zhou (F2)
4 - George Russell (Williams)
5 - Stoffel Vandoorne (reserva da Mercedes)
6 - Esteban Gutierrez (resera da Mercedes)
7 - Louis Deletraz (reserva da Haas)
8 - Liam Lawson (F3)
9 - Nicholas Latifi (Williams)
10 - Carlos Sainz (McLaren)
11 - Pietro Fittipaldi (reserva da Haas)
12 - Callum Illot (F2)
13 - Jimmy Broadbent (streamer)
14 - Juan Manuel Correa (F2)
15 - Thibaut Courtois (goleiro do Real Madrid)
16 - Anthony Davidson (narrador)
17 - Ciro Immobile (atacante do Lazio)
18 - Ian Poulter (profissional do golfe)
19 - Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo) - não completou

Game oficial da F1 é "saída" para pandemia

O campeonato virtual usará o videogame oficial para computador F1 2019, desenvolvido pela Codemasters. Para aumentar o equilíbrio entre os participantes, devido à grande discrepância nos níveis de habilidade entre os pilotos, as configurações do jogo terão desempenho igual dos carros, com regulagens fixas, danos reduzidos nos carros, além de freios ABS e controle de tração opcionais para os menos familiarizados com o jogo.