Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 26 de Novembro de 2021

Esporte

Messi aposta no sucesso da parceria com Neymar e diz: "É um bom garoto"

Argentino acredita que o novo companheiro vai se adaptar logo ao time e não vê motivos para ter problema fora dos gramados com o brasileiro

Globo Esporte.com

17 de Julho de 2013 - 10:00

 Após se reapresentar ao Barcelona na última segunda-feira, Messi deu as boas-vindas ao novo companheiro Neymar nesta quarta. Assunto da moda na imprensa espanhola neste início de pré-temporada, o brasileiro recebeu os elogios do camisa dez do Barça, que garantiu: o ex-santista não terá problemas para se adaptar ao time catalão.

- Espero que dentro do trabalho de campo (Neymar) funcione. É um grande jogador, vem para uma equipe cheia de craques e parece que não terá problemas para se adaptar. Fora de campo não terá nenhum problema porque parece um bom garoto e, no vestiário, há pessoas muito boas. Não haverá problemas dentro nem fora dos gramados - disse Messi, em sua primeira entrevista coletiva na pré-temporada.

Messi sabe que a companhia de Neymar - que ainda não se apresentou ao treinador Tito Vilanova, por conta da disputa da Copa das Confederações - será importante para o Barcelona voltar a dominar a Liga dos Campeões. Até porque os catalães terão pela frente novamente o atual campeão Bayern de Munique, reforçado agora por Pep Guardiola e Thiago Alcântara, ambos ex-Barça.

- O Bayern tem uma grande equipe. Eles mostraram isso ao vencer a Liga dos Campeões de forma tão convincente e, com o reforço de Guardiola, serão ainda mais fortes - completou.

A tarefa de buscar o bicampeonato espanhol também será mais complicada nesta temporada. É que Messi vê o Real Madrid ainda mais forte agora.

- Eles reforçam a equipe a cada ano. Vai ser um campeonato muito difícil.

Problemas e lesões

No mês passado, o Tribunal de Barcelona aceitou a denúncia apresentada pelo Ministério Público, que apresentou uma ação contra o jogador e seu pai, Jorge Messi, por fraudarem a Receita do país em mais de € 4 milhões (R$ 11,3 milhões) em impostos não pagos durante os anos de 2007, 2008 e 2009. O valor não declarado é referente aos pagamentos de direito de imagem feitos pelo Barcelona ao atacante.

O camisa 10 do Barcelona, que terá que se explicar à Justiça espanhola no dia 17 de setembro, se mostrou tranquilo e explicou que seus advogados estão resolvendo tudo.

- Meus advogados e consultores, pessoas que sabem muito sobre esse tipo de coisa e que eu confio muito, vão resolver o problema. Eu não entendo muito sobre essas coisas.

Por fim, Messi falou sobre a lesão na coxa que o tirou da parte final da última temporada. Ele reconhece que o fato de ter ido a campo sem estar 100% recuperado nos jogos contra PSG e Bayern de Munique - ambos na fase decisiva da Liga dos Campeões - só agravaram o problema. Mas não se arrepende.

- Eu não tinha me lesionado por algum tempo, mas sempre existe o risco. Pode acontecer com qualquer um de nós. Realmente não foi uma lesão muito grande, mas o fato de eu ter jogado quando eu não estava 100% fisicamente a agravou. Só que eu sabia disso e não me arrependo.