Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Esporte

Neymar, Thiago Silva e Felipão estão na lista dos melhores da Fifa

Entidade anunciará os três finalistas da Bola de Ouro em 2 de dezembro e o vencedor no dia 13 de janeiro. Scolari concorre como melhor técnico

Globo Esporte.com

29 de Outubro de 2013 - 08:10

A Fifa anunciou, na manhã desta terça-feira (madrugada do Brasil), os 23 nomes para a Bola de Ouro 2012/13, promovida pela entidade e pela revista francesa "France Football".

Nova atração do Barcelona, Neymar (que ainda defendia o Santos na temporada passada, mas foi eleito o melhor da última Copa das Confederações pela seleção brasileira) está entre os indicados, cuja lista conta com nomes de peso do futebol europeu, entre eles outro brasileiro, o zagueiro Thiago Silva, do Paris Saint-Germain.

A Fifa e a "France Football" anunciarão os três finalistas no dia 2 de dezembro e o vencedor em 13 de janeiro, durante evento que será realizado em Zurique, na Suíça.

Entre os treinadores, Luiz Felipe Scolari, comandante da seleção brasileira, está na lista dos dez concorrentes ao lado de, entre outros, José Mourinho, Vicente Del Bosque e Alex Ferguson, este que se aposentou na última temporada.

Vencedor da Liga dos Campeões da Europa 2012/13, o Bayern de Munique domina a relação dos melhores da última temporada concorrendo com nada menos que seis representantes (Lahm, Müller, Neuer, Ribéry, Robben e Schweinsteiger).

O Barcelona com três (Iniesta, Messi e Xavi) vem a seguir entre os clubes com maior número de indicados para a Bola de Ouro.

Confira os 23 indicados pela Fifa:

Gareth Bale (Gales, ex-Tottenham-ING e hoje do Real Madrid-ESP), Edinson Cavani (Uruguai, ex-Napoli-ITA e hoje do Paris Saint-Germain-FRA), Radamel Falcao (Colômbia, ex-Atlético de Madri e hoje do Monaco-FRA), Eden Hazard (Bélgica, Chelsea-ING), Zlatan Ibrahimovic (Suécia, Paris Saint-Germain-FRA), Andrés Iniesta (Espanha, Barcelona-ESP), Philipp Lahm (Alemanha, Bayern-ALE), Robert Lewandowski (Polônia, Borússia Dortmund-ALE), Lionel Messi (Argentina, Barcelona), Thomas Müller (Alemanha, Bayern-ALE), Manuel Neuer (Alemanha, Bayern-ALE), Neymar (Brasil, ex-Santos-BRA e hoje do Barcelona-ESP), Mesut Özil (Alemanha, ex-Real Madrid-ESP e hoje do Arsenal-ING), Andrea Pirlo (Itália, Juventus-ITA), Franck Ribéry (França, Bayern-ALE), Arjen Robben (Holanda, Bayern-ALE), Cristiano Ronaldo (Portugal, Real Madrid-ESP), Bastian Schweinsteiger (Alemanha, Bayern-ALE), Luis Suárez (Uruguai, Liverpool-ING), Thiago Silva (Brasil, Paris Saint-Germain-FRA), Yaya Touré (Costa do Marfim, Manchester City-ING), Robin Van Persie (Holanda, Manchester United-ING) e Xavi (Espanha, Barcelona).

Confira os dez inficados para melhor treinador:

Carlo Ancelotti (Itália, Paris Saint-Germain-FRA/Real Madrid-ESP), Rafael Benítez (Espanha, Chelsea-ING/Napoli-ITA), Antonio Conte (Itália, Juventus-ITA), Vicente Del Bosque (Espanha/seleção espanhola), Sir Alex Ferguson (Escócia/Manchester United-ING e hoje aposentado), Jupp Heynckes (Alemanha, Bayern de Munique-ALE e hoje aposentado), Jürgen Klopp (Alemanha, Borussia Dortmund-ALE), José Mourinho (Portugal, Real Madrid/Chelsea-ING), Luiz Felipe Scolari (Brasil, seleção brasileira) e Arsène Wenger (França, Arsenal-ING).