Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 16 de Janeiro de 2022

Esporte

Passado e presente da Seleção: Barça de Neymar visita o Milan de Kaká

Os dois nunca se cruzaram em campo, mas Neymar já se encarregou de dar os primeiros passos no caminho das pedras deixado por Kaká.

Globo Esporte

22 de Outubro de 2013 - 09:53

Em 2003, quando Neymar dava os primeiros dribles no Santos,  Kakáestreava na Liga dos Campeões com a camisa do Milan.  Quatro anos depois, o ex-jogador do São Paulo vencia o prêmio de melhor jogador do mundo – e em 2007 Neymar completava a sua penúltima temporada na base do Peixe antes de assinar pelo profissional.

A passagem de bastão do "ex" para aquele que está mais perto de ser o próximo brasileiro a conquistar o prêmio acontecerá nesta terça-feira, às 16h45m (de Brasília), quando Milan e Barcelona se enfrentam no San Siro pela terceira rodada do Grupo H da Liga dos Campeões.

O camisa 10 da seleção brasileira nas Copas de 2006 e 2010 vai enfrentar pela primeira vez o atual dono do número.  Kaká, de acordo com canais de TV da Itália, pode ser titular, mas não deve jogar a partida inteira por falta de ritmo devido a uma lesão. Neymar está cotado para fazer parte dos onze titulares de Tata Martino, ao lado de Messi e Sánchez.

Os dois nunca se cruzaram em campo, mas Neymar já se encarregou de dar os primeiros passos no caminho das pedras deixado por Kaká.  O atacante do Barcelona chegou a um dos grandes clubes europeus, se adaptou sem demoras e conquistou uma vaga no time, deixando o campeão do mundo e bicampeão da Europa Pedro Rodriguez, no banco, assim como Kaká fizera em 2003 ao deixar o camisa 10 Rui Costa na reserva do Milan.

O meia rossonero foi titular desde a estreia e nunca mais perdeu a vaga. Kaká marcou quatro gols no primeiro ano em que participou da competição, na temporada 2003/2004, e o Rubro-Negro foi eliminado pelo La Coruña nas quartas de final. Meninos da Vila juntos no San Siro

Vai ser uma noite de emoções para o Neymar. Além de Kaká e de Balotelli, Neymar vai enfrentar o ídolo e amigo Robinho, e o reencontro será mais especial do que os dois pensavam. Em alta no Milan e elogiado pelo treinador, Robinho será titular e também deverá ocupar o lado esquerdo do ataque.

Neymar cobrirá a mesma posição que o ex-companheiro de Santos. Os "Meninos da Vila", formados pelo Santos e rotulados como herdeiros de Pelé, se reencontram em lados "opostos" depois das alegrias partilhadas no clube da Vila Belmiro em 2010.