Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 23 de Outubro de 2020

Esporte

Por G-4, Inter deixa cálculos de lado e se concentra "100% no Náutico"

Final de semana será decisivo para pretensões do clube gaúcho pelo G-4. Depende de combinações de resultado com duelo de São Paulo e Flu

Globo Esporte.com

03 de Novembro de 2012 - 08:20

Ciente de que não depende só de si mesmo para tentar buscar vaga no G-4, o Inter mudou completamente a postura nesta reta final do Brasileirão. Embora esteja em busca dos 100% nas cinco últimas rodadas, deixou a calculadora de lado até o final do Brasileirão.

A ordem no clube é nem pensar no São Paulo, adversário que está na quarta colocação na tabela, com 58 pontos - sete a mais do que o Inter. O foco único é o Náutico, no duelo de domingo, nos Aflitos.

- Estou pensando no Náutico e não na sequência. Passo isso para os jogadores, para não seja feita nenhuma projeção. Precisamos focar 100% no Náutico, que tem uma das melhores campanhas dentro dos seus domínios - afirmou Fernandão, na entrevista coletiva desta sexta-feira. 

Depois de duas derrotas que coloraram o grupo em crise, contra os lanternas Atlético-GO e Figueirense, o Inter respondeu com as vitórias diante de Vasco e Palmeiras. Contra o Náutico, o clube gaúcho poderia emendar pela primeira vez na competição a terceira vitória consecutiva. O discurso comprado, no entanto, não é mais de buscar sequência na competição. É apenas de tentar mais uma vitória.

O duelo com o Timbu ocorre às 19h30m de domingo. E o Inter necessita dos três pontos para manter o sonho pela Libertadores e tentar encurtar a vantagem do São Paulo.

Final de semana decisivo

As possibilidades do clube gaúcho de classificação para a Libertadores terão um encaminhamento crucial na próxima rodada, já que Inter e São Paulo têm reta final semelhante no Brasileirão (em comum, as equipes terão pela frente Náutico, Corinthians, Ponte Preta e Grêmio).

No domingo, às 17h, o São Paulo enfrenta o Fluminense, líder do Brasileirão. Se o Tricolor paulista vencer, praticamente carimbará a vaga à Libertadores. Se o clube carioca conseguir a vantagem e o Inter confirmar contra o Timbu, a diferença diluirá para quatro pontos para serem disputadas nas últimas quatro rodadas. Mas como Fernandão falou, não há mais projeção de pontos pelos lados do Beira-Rio.