Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Esporte

Sem Messi, Neymar volta a marcar e Barcelona vence Malásia

O atacante brasileiro foi decisivo para que os catalães saíssem de campo com uma vitória por 3 a 1 ao marcar seu segundo gol com a camisa blaugrana.

Uol

10 de Agosto de 2013 - 11:19

Sem a companhia de Lionel Messi, Neymar assumiu o protagonismo no amistoso entre Barcelona e a seleção da Malásia, disputado neste sábado em Kuala Lumpur. Quem esperava por mais um passeio do time espanhol se surpreendeu com a resistência oferecida pelos rivais.

O atacante brasileiro foi decisivo para que os catalães saíssem de campo com uma vitória por 3 a 1 ao marcar seu segundo gol com a camisa blaugrana.

A torcida do Barcelona esperava pela segunda oportunidade de ver Messi e Neymar começarem a partida. A expectativa, porém, transformou-se em frustração a cerca de uma hora do pontapé inicial. O argentino foi vetado do jogo devido a uma sobrecarga muscular na coxa esquerda.

O treinador Gerardo Martino montou o ataque do Barça com Alexis Sánchez, Neymar e Cesc Fàbregas. O time espanhol começou bem e Neymar caprichou nos passes de efeito. A Malásia, porém, assustou aos 20min: Idlan se livrou com facilidade de Piqué e tocou na saída do goleiro Victor Valdés; a bola bateu na trave.

O lance serviu para o Barcelona acordar. Neymar e Fàbregas desperdiçaram boas chances aos 27min e aos 28min. O gol só saiu aos 33min: Alba levantou da esquerda, Fàbregas cabeceou e contou com a ajuda do goleiro para marcar. Os donos da casa empataram aos 40min com Yahyah, que pegou bonito após Alba afastar mal.

Neymar tratou de espantar a zebra três minutos depois. O atacante recebeu passe de Fàbregas e tocou para as redes para fazer seu segundo gol com a camisa do Barcelona. O primeiro havia sido na quarta-feira, na goleada por 7 a 1 sobre a Tailândia. O ex-santista foi substituído no intervalo.

Muito modificado, o Barcelona chegou ao seu terceiro gol aos 30min. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Piqué concluir com precisão. O time espanhol acumulou chances para ampliar o marcador, mas esbarrou no goleiro malaio.