Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 28 de Fevereiro de 2024

Mato Grosso do Sul

Em feriado, 376 multas e 11 acidentes foram registrados

As forças de segurança publicaram hoje (16) o balanço da Operação Proclamação da República.

Correio do Estado

16 de Novembro de 2022 - 14:23

Em feriado, 376 multas e 11 acidentes foram registrados
Foto: Divulgação Polícia Militar Rodoviária.

O Batalhão da Polícia Militar Rodoviária autuou, durante o feriado, 376 multas e registrou 11 acidentes. As ocorrências foram registradas durante a Operação Proclamação da República, que ocorria desde o dia 11, nas rodovias do estado de Mato Grosso do Sul. A operação teve início na última sexta-feira (11) e visava reforçar o policiamento e as fiscalizações durante o feriado prolongado, nas rodovias estaduais.

Foram abordadas cerca de 3.278 pessoas e 2.458 veículos, dez pessoas foram encaminhadas para a delegacia. Além disso, foram apreendidas três armas de fogo, dois foragidos da justiça foram presos e um veículo roubado foi recuperado, além da apreensão de 1.800 pacotes de cigarros, informou a assessoria. Quanto às armas de fogo, a assessoria informou que eram duas espingardas de calibre .22,  elas tinham registro, porém o autor não possuía porte. Além disso, houve a apreensão de uma pistola calibre 380, de fabricação turca, com numeração raspada e sem registro. A força-tarefa registrou cerca de 11 acidentes de  trânsito, destes, quatro foram com vítimas fatais.

As principais infrações de trânsito flagradas durante a fiscalização foram conduzir veículo sem uso de cinto de segurança, veículo com defeito no sistema de iluminação ou lâmpadas queimadas, com licenciamento vencido, deixar de manter acesa luz baixa dos faróis e ultrapassagem em faixa contínua, sendo autuadas 376 infrações de trânsito. Conforme a polícia, a operação visava, sobretudo, regiões que tiveram maior circulação de público, como na cidade de Bonito, bem como nas rodovias estaduais das regiões de Ponta Porã, Dourados e Chapadão do Sul.

Para a BPMRv, o policiamento estava voltado ao combate a crimes de contrabando e descaminho, tráfico de armas e drogas, bem como captura de procurados pela Justiça e recaptura de foragidos do Sistema Penitenciário. A operação Proclamação da República foi deflagrada na última sexta-feira (11) e se estendeu até esta quarta-feira (16). Além da Polícia Militar Rodoviária, a Polícia Rodoviária Federal também atuou na Operação Proclamação da República.

Menos fatalidades nas vias Federais 

A cada dia, o Brasil registra 14 mortes e 190 acidentes nas rodovias federais. Somente em 2018, foram 69.206 acidentes, sendo 53.963 com vítimas, conforme informações dispostas pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). Já em 2022, houve uma diminuição de 18% na quantidade de acidentes fatais registrados, se comparado ao mesmo período do ano passado, conforme aponta o balanço da Operação Proclamação da República, da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Além disso, conforme a Polícia, houve aumento da quantidade de abordagens realizadas, cerca de 23% a mais que a operação do ano passado. Neste ano, conforme a PRF, houveram cerca de 288 registros de acidentes graves nas rodovias federais, destes, foram cerca de 72 com vítimas fatais. Em relação ao número de mortes houve redução de 18%, se comparado ao mesmo período do ano passado. Durante a operação de 2022, a PRF apreendeu mais de 5.834 kg de entorpecentes, entre cocaína e maconha; 89 veículos com registro de roubo/furto foram recuperados. No total, 648 pessoas foram presas, aumento de 3% em relação a 2021.

Serviço:

A Polícia Militar Rodoviária orienta a todos que ainda estiverem viajando a conferir primeiro as condições de seu veículo, fazer o planejamento de sua viagem, ter uma atitude paciente e responsável na direção, sempre respeitando a lei de trânsito. Para denúncias e informações, ligue 198 e fale com a PMR, ou 191 para falar com a PRF.