Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 24 de Maio de 2022

Policial

Acusado de estuprar enteada em 2009 é preso por abusar da filha e sobrinhas

A mãe do suspeito, avó das crianças, chegou a dizer para as conselheiras que tinha tirado o filho de casa, mentindo

Midiamax

03 de Dezembro de 2015 - 14:43

Na manhã desta quinta-feira (3), um homem de 32 anos foi preso mediante mandado de prisão preventiva. Ele responde processo por ter estuprado a enteada de 9 anos em 2009 e, agora, é apontado pela polícia como responsável por estuprar as sobrinhas de 3 e 5 anos e a filha, de 7 anos.

De acordo com a delegada da Depca (Delegacia Especializada de Atendimento à Criança e ao Adolescente), Daniela Kades, o homem foi investigado em 2009 pelo estupro de vulnerável e o caso entregue ao judiciário em 2010. Ele morava com a irmã, as sobrinhas e a mãe e os novos casos de estupro foram denunciados pelo Conselho Tutelar.

Ainda segundo a delegada, o homem abusou sexualmente das crianças e o Conselho Tutelar acompanhava o caso. A mãe do suspeito, avó das crianças, chegou a dizer para as conselheiras que tinha tirado o filho de casa, mentindo. Ela ainda obrigou as netas a dizerem para as conselheiras, caso elas fossem novamente na casa, que o homem não aparecia mais na residência.

“Havendo possibilidade de continuar com o abuso das crianças, pedi a prisão preventiva dele”, disse a delegada Daniela Kades. Segundo a polícia, houve coação no curso do processo, pois a avó e o suspeito tentaram obrigar as crianças a mentirem. Ele foi preso nesta quinta-feira enquanto trabalhava, no Jardim Tijuca, região sudoeste da Capital.

O homem, que já responde pelo estupro em 2009, responderá pelos novos casos e, junto com a mãe, responderá também pela coação.