Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Junho de 2024

Policial

Acusado de matar amigo que o libertou se apresenta

Dourados Agora

05 de Setembro de 2012 - 08:00

Se apresentou na tarde de ontem na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Jardim Piratininga, em Campo Grande, Thiago Aquino Paiva, de 23 anos, acusado de ter matado o amigo na noite da última quinta-feira, no Jardim Guanabara, em Dourados.

Ele chegou acompanhado de um advogado e prestou depoimento, sendo transferido para o 2° Distrito Policial de Dourados. O caso está sob os cuidados do delegado Lupércio Degerone, que deve concluir o inquérito dentro dos próximos dias.

O CASO

O crime ganhou proporção na cidade por conta das circunstâncias em que foi cometido. Thiago estava na cadeia por causa do atraso no pagamento da pensão alimentícia ao filho, mas acabou solto depois que o amigo de infância e também vizinho, Matheus Barbosa Silva, de 23 anos, pagou sua fiança e o libertou.

Um dia depois de estar livre, Thiago e a vítima saíram para beber e quando retornavam tiveram uma discussão em frente a casa de Matheus, onde Thiago atirou contra o amigo. Matheus levou dois tiros, no peito e abdome. Quando os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegaram, minutos depois, ele já estava morto.

O autor dos disparos fugiu e no dia seguinte sua casa foi consumida por um incêndio. A polícia esteve no local fazendo os levantamentos de praxe, mas até o momento as causas que originaram o fogo não foram descobertas. Existe a suspeita de que moradores, revoltados com o assassinato, tenham provocado as chamas.