Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 12 de Maio de 2021

Policial

Adolescente morta em acidente voltava de balada e mãe não sabia

Informação da polícia é que o motorista, de 25 anos, havia se envolvido em briga em casa noturna e fugia no momento do acidente, por volta das 4h.

Correio do Estado

15 de Janeiro de 2017 - 18:31

A adolescente Isabela da Silva, 15 anos, que morreu em acidente de trânsito na madrugada deste domingo, voltava de balada e a mãe não sabia. O carro Monza que a garota ocupava caiu no córrego entre a Rua Petrópolis e Avenida Prefeito Martins Coelho, nas imediações do Jardim Anahi, em Campo Grande. Informação da polícia é que o motorista, de 25 anos, havia se envolvido em briga em casa noturna e fugia no momento do acidente, por volta das 4h. Duas irmãs, de 20 e 17 anos, que também eram passageiras ficaram feridas.

Em choque diante da morte da filha, Mayane Juciara, disse no começo da tarde que ainda estava sem entender o que havia acontecido. Segundo ela, Isabela saiu de casa ontem à noite para dormir na residência da amiga, de 17 anos, que também estava no automóvel. “Não conheço nenhuma outra pessoa que estava no carro. Essa menina conhecia minha filha faz tempo, mora perto de casa e sempre a Isabela ia dormir com ela. Foi a mãe dela que me ligou avisando sobre o acidente”, lamentou.

Além das três jovens e o motorista, outro rapaz ainda não identificado também estaria no Monza. Os dois fugiram após a queda no córrego. Isabela foi arremessada do carro e morreu na hora. As duas irmãs foram socorridas com ferimentos e levadas à Santa Casa. A jovem, de 20 anos, segue internada para tratamento ortopédico e a mais nova recebeu alta médica no começo da tarde.

Apesar da versão inicial de que cinco pessoas ocupavam o veículo, testemunhas teriam visto sete. Mas, a informação ainda é apurada pela polícia.

BRIGA

Após a fuga do local do acidente, o condutor do Monza, de 25 anos, apresentou-se na delegacia plantonista da Vila Piratininga horas mais tarde, foi interrogado e liberado.

O conteúdo do depoimento ainda não foi divulgado. Contudo, a informação é que ele havia se envolvido em briga em casa noturna que fica na Avenida Presidente Ernesto Geisel. Ele estaria fugindo da pessoa com quem brigou, que o perseguia em motocicleta, quando perdeu controle da direção do Monza e caiu no córrego. Polícia negou que houve tiros durante a perseguição. Marcas no carro seriam de corrosão natural de ferrugem.

O delegado plantonista Hoffman D'Ávila marcou entrevista coletiva com a imprensa às 18h para apresentar mais informações sobre o caso.