Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 17 de Maio de 2022

Policial

Advogado de 68 anos é espancado até a morte em condomínio na Vila Maciel

O condomínio tem várias quitinetes e segundo informações de vizinhos, alguns moradores estavam reunidos bebendo, quando um deles saiu batendo nas portas das residências

Campo Grande News

07 de Dezembro de 2015 - 07:09

O advogado Gilmar de Assis, 68 anos, foi encontrado morto com ferimentos na cabeça no corredor do condomínio onde mora, na manhã de hoje (6), na Rua Ponto Verde, residencial Augusto Coelho, na Vila Maciel. O local fica na região da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande.

A polícia suspeita que Gilmar, que faz pos-graduação na universidade, foi espancado até a morte. Dois suspeitos de 26 anos, um deles acadêmico, foram presos.

Conforme a polícia, o corpo do homem foi encontrado pelos vizinhos no corredor do residencial, em frente à casa da vítima. A porta da residência de Gilmar foi arrombada, conforme a PM, que esteve no local e aguardava a chegada da perícia e do delegado de plantão.

O condomínio tem várias quitinetes e segundo informações de vizinhos, alguns moradores estavam reunidos bebendo, quando um deles saiu batendo nas portas das residências. O rapaz, de 26 anos, estava aparentemente bêbado e drogado, conforme testemunhas. Assustados com a situação, os moradores não abriram as portas, mas ouviram a movimentação do lado de fora. Tudo indica que o idoso saiu para reclamar e foi agredido. Os dois presos, estavam em visível estado de embriaguez, foram detidos pela Polícia Militar.