Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 14 de Junho de 2024

Policial

Advogado é encontrado morto a tiros em sua casa no bairro Amambaí

Midia Max

06 de Setembro de 2012 - 16:41

Um militar do exército encontrou um homem morto na manhã de hoje (6), em Campo Grande. Trata-se de Luis Carlos Fredo, 57 anos. Ele foi localizado na varanda de sua casa, na rua Camapuã, bairro Amambaí, próximo ao clube União dos Sargentos, com dois tiros na região do abdômen.

 

O corpo foi encontrado pelo militar Fabyann Silva, 20 anos, que passava pelo local ao ir para o trabalho e viu Luis Carlos caído. O militar conta que seguiu adiante e então chamou uma senhora com o marido que, após entrarem na casa, viram a vítima morta. Eles acionaram a Polícia Militar que constatou o óbito.

 

De acordo com os soldados Diarte e Cleiton, do 1º Batalhão, a princípio nada foi roubado. O portão e a porta da residência foram encontrados abertos e nada foi mexido. Os policiais acreditam que o crime ocorreu por volta das 21h, quando testemunhas ouviram disparos de arma.

 

Segundo seu advogado e amigo há 25 anos, Paulo Grotti, Luis Carlos Fredo era advogado e produtor rural. Deixou de advogar há pelo menos 12 anos e trabalhou em casos complicados na área penal, “mas o que ele gostava mesmo de fazer era trabalhar na área rural e atualmente fazia serviço terceirizados de desmatamento de propriedades.”, revela. Ele possuía 15 filhos.

 

Conforme o advogado, Fredo possuía propriedades em Barra do Garças (MT) e o portão da residência sempre ficava aberto para receber os amigos. Ele contou ainda que falou com o amigo ontem, por volta das 15h e disse que o visitaria hoje cedo pra conversarem e quando chegou ao local viu o amigo morto.

 

O advogado revela ainda que o pecuarista jamais comentou sobre ameaças. “Ele era muito tranquilo. Estava separado e morava sozinho.”, completa.

O delegado Divino Furtado de Mendonça da 1ª DP, e peritos criminais estão local para investigar as causas da morte.