Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Outubro de 2021

Policial

Após 2 meses, jovem que teve 90% do corpo queimado apresenta a versão

O delegado Luiz Carlos, do 7º DP, informou que pretende ouvir a vítima na próxima segunda-feira (5). “Vou tentar interrogá-lo através da escrita também".

Campo Grande News

01 de Agosto de 2013 - 07:20

Hugo Alves Ledesma, 29 anos, que estava internado há pouco mais de dois meses na Santa Casa de Campo Grande, recebeu alta e já está com a família. Ele contou que levou uma pancada na cabeça antes de ser queimado.

O jovem teve cerca de 90% do corpo queimado, no dia 26 de maio desse ano, no Jardim Zé Pereira. “Ele está se recuperando em uma chácara. Sente muita falta de ar e se comunica através da escrita”, explica o irmão, Júlio Alves Ledesma, 32 anos.

Ainda segundo o irmão, Hugo fala pouco sobre o acidente e diz que se lembra de uma pancada que recebeu na cabeça.  “Ele diz que almoçou com a namorada e que se lembra que levou uma pancada na cabeça", diz.

O delegado Luiz Carlos, do 7º DP, informou que pretende ouvir a vítima na próxima segunda-feira (5). “Vou tentar interrogá-lo através da escrita também".  O caso é considerado um mistério para a Polícia. Isso porque ele saiu de casa para visitar a namorada e voltou com o corpo queimado, mas com as roupas intactas.

A camiseta e a bermuda que o rapaz vestia foram recolhidas e estão sendo analisadas pela perícia. O rapaz estava internado na Santa Casa desde o dia do acidente e ficou a maior parte na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo). Ele recebeu alta na tarde dessa terça-feira (30).