Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 25 de Maio de 2022

Policial

Bitrem bate em carro de idoso, que precisa perseguir motorista até ele parar

Iracy Cinquetti, que conduzia o Prisma, com placa NSD-8107, contou que saiu do Bairro Maria Aparecida Pedrossian e parou em uma das ruas de acesso a rodovia.

Midiamax

04 de Dezembro de 2015 - 16:55

Um idoso de 79 anos teve o carro que dirigia, um Chevrolet Prisma, atingido por uma carreta bitrem no momento em que tentava entrar na BR-262, na saída para Três Lagoas. Após a colisão, o condutor da carreta ainda percorreu cerca de um quilômetro até ser parado pela própria vítima.

Iracy Cinquetti, que conduzia o Prisma, com placa NSD-8107, contou que saiu do Bairro Maria Aparecida Pedrossian e parou em uma das ruas de acesso a rodovia. No cruzamento ele percebeu a aproximação de uma motocicleta e da carreta, vendo que não conseguiria passar, esperou.

“A frente da carreta passou, mas aí a traseira dela bateu no meu carro e arrancou meu para-choque”, lembra o idoso. Depois da colisão o caminhoneiro continuou em sentido a saída da Capital e Iracy foi atrás.

“Buzinei, dei seta e aí entrei na frente dele, só assim conseguir fazer ele parar, se não ia embora”, revela Ciquentti. No carro de passeio estavam o idoso, a esposa, a filha e a neta de 6 anos. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas nenhuma dos envolvidos ficou ferido.

Já o condutor do bitrem, que estava carregado de madeira, afirmou que o idoso realmente estava parado, mas havia invadido a faixa de retenção. “Desviei o máximo que consegui dele, mas não podia invadir a outra pista porque tinha outros carros do meu lado”, conta Dermivaldo Santana Magalhães, de 42 anos, motorista há 20 anos.

Como não houve vítima no acidente, o BPTran (Batalhão da Polícia Militar de Trânsito) foi acionado para registrar a ocorrência.