Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 6 de Março de 2021

Policial

Briga em bairro de Dourados acaba em dois mortos a facadas neste domingo

Rafael foi atingido com duas facadas na barriga, duas no peito e uma no braço e Wesley com duas na barriga, duas no peito e uma nas costas

Dourados Agora

29 de Setembro de 2014 - 15:15

Por volta de 4h deste domingo (28), um duplo homicídio aconteceu na rua Italivio de Souza Pael, no Jardim Rasselem, em Dourados. Segundo informações policiais, Claudinei M., de 38 anos, esfaqueou duas pessoas com cinco golpes cada. Morreram Rafael Aparecido Teles, 25, residente no Parque das Nações II, e Weslei Rodrigues da Silva, 16, enteado do acusado.

Rafael foi atingido com duas facadas na barriga, duas no peito e uma no braço e Wesley com duas na barriga, duas no peito e uma nas costas. O socorro foi acionado, mas quando chegou os dois estavam mortos.

Segundo informações colhidas na delegacia pela reportagem, uma discussão do autor das facadas com a esposa, uma mulher de 35 anos, na noite anterior, teria motivado o ocorrido.

Claudinei teria discutido com a mulher e mandado ela embora de casa. A mulher, que é mãe do adolescente morto, ligou para o filho e pediu que ele a buscasse. Momento em que o adolescente chegou na casa, também discutiu e levou a mãe.

Na madrugada de hoje, segundo a polícia, o adolescente e mais dois comparsas, foram de carro até a casa, e dois deles pularam o portão e com uma enxada tentaram quebrar a porta da residência. Em depoimento, Claudinei disse que ao abrir a porta foi recebido com violência por Weslei e Rafael e, segundo ele, o menor estava com a faca.

O acusado disse que apenas se defendeu, tomando a faca do menor e matando os dois. “Era eles ou eu”, disse à reportagem. Com marcas de violência pelo corpo, Claudinei contou que foi prensado contra o muro e agredido, até que tomou a faca e desferiu golpes no menor, que caiu na varanda, e no amigo dele, que caiu próximo ao portão.

Um terceiro rapaz, que esperava no portão, também foi perseguido, e ao fugir encontrou uma viatura da Polícia Militar que fazia rondas pelo bairro. Ele chamou os policiais e disse que alguém estava cometendo um assassinato. Os PM’s foram até o local e encontraram Claudinei com a faca na mão, todo ensanguentado. Ele confessou o crime, mas disse que agiu em legítima defesa. Claudinei foi autuado em flagrante por duplo homicídio.

Claudinei é churrasqueiro em um restaurante de Dourados. Os levantamentos foram feitos pela equipe da perícia da Polícia Civil, comandada por André Kiyoshi. A polícia investiga o motivo de o adolescente e os homens terem ido a casa de Claudinei. A hipótese é que seria para buscar as coisas da mãe.