Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 7 de Maio de 2021

Policial

Caminhão é atingido por 31 tiros e motorista tem bala alojada na cabeça

Na tarde de ontem (2), a PRE (Polícia Rodoviária Estadual), foi acionada pela Polícia Militar de Amambai, sobre uma tentativa de homicídio a um caminhoneiro.

Campo Grande News

03 de Fevereiro de 2017 - 13:53

O motorista de um caminhão baú de 42 anos, ficou com uma bala alojada na cabeça, após cair em um golpe de falso frete e ser surpreendido por atiradores que dispararam 31 vezes no veículo. O caso aconteceu na MS-156, após a Aldeia Limão Verde, em Amambai.

Na tarde de ontem (2), a PRE (Polícia Rodoviária Estadual), foi acionada pela Polícia Militar de Amambai, sobre uma tentativa de homicídio a um caminhoneiro.

Segundo registro policial, os policiais foram até o local e encontraram o caminhão dentro de uma invernada na aldeia, mas o motorista já havia sido socorrido por populares e levado ao hospital.

Testemunhas relataram que homens em uma moto Titan preta e uma caminhonete Hilux branca, atiraram várias vezes contra o motorista do caminhão. O veículo tinha várias marcas de sangue e 23 perfurações na cabine e nove no para-brisa dianteiro.

Nas imediações do local do crime, os policiais encontraram 31 cápsulas de calibre .556. O caminhão foi levado para o pátio da base da PRE onde o baú foi aberto e nenhuma carga encontrada no interior.

O filho da vitima informou que o pai tem uma pistola de ar comprimido, mas a arma não foi encontrada no local.

Na Santa Casa, os médicos disseram aos policiais que o caminhoneiro foi atingido por um tiro atrás da cabeça e a bala ficou alojada próxima ao supercílio. O quadro do homem, segundo boletim médico, era estável.

O caminhoneiro alegou que recebeu uma ligação no celular de um número com DDD 31, para fazer um frete de mudança de Tacuru para Amambaí, não sabendo dizer quem o contratou.