Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 9 de Maio de 2021

Policial

Com três mortes, feriadão é mais violento que 2015 nas rodovias federais de MS

Seis pessoas foram presas por dirigir alcoolizado e outras 15 autuadas por consumo de álcool.

Correio do Estado

14 de Novembro de 2016 - 14:27

Feriado prolongado do Dia da Proclamação da República foi mais violento nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul em comparação com o mesmo período de 2015. Balanço parcial divulgado hoje pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) aponta que três pessoas morreram em acidentes nas BRs entre sexta-feira (11) e sábado (12). No ano passado, não houve mortes.

Nara Bruna Garahi Toledo, de 18 anos, e Jean Cesar Oliveira Castilho, de 20, morreram na madrugada de sábado, em acidente na BR-163, próximo a Bandeirantes. Jean perdeu o controle da direção da picape Saveiro que conduzia, invadiu a pista contrária e bateu de frente com uma carreta.

Na BR-262, em Campo Grande, Oswaldo Lima Raff, de 45 anos, morreu depois de ser atropelado por um carro Gol, conduzido por homem de 39 anos que não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH), na noite de sábado. Condutor prestou socorro, mas vítima morreu no local.

Apesar do aumento no número de óbitos, houve redução de 30% em acidentes sem vítimas, apenas com danos materiais, e de 20% nos acidentes com feridos, baixando de cinco em 2015 para quatro neste ano.

Seis pessoas foram presas por dirigir alcoolizado e outras 15 autuadas por consumo de álcool. Além disso, 974 condutores foram autuados por excesso de velocidade, 379 por ultrapassagens proibidas e 1.072 autuados por outras infrações.

Trabalho de conscientização e educação para o trânsito alcançou 1.505 pessoas.  

Operação continua até amanhã, com fiscalização intensificada nas rodovias do Estado com objetivo de reduzir infrações de trânsito e prevenir acidentes durante o feriado prolongado.