Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Maio de 2021

Policial

Deficiente auditiva é morta após homem invadir casa e irmã correr para pedir ajuda

Foi esfaqueada

Midiamax

18 de Fevereiro de 2017 - 07:37

Na noite de sexta-feira (17), Edenir Moren Morales, de 36 anos, foi assassinada a facadas quando estava em casa, assistindo televisão. A irmã, de 59 anos, sofreu um corte no rosto, mas conseguiu correr para pedir ajuda. O fato aconteceu nas proximidades da aldeia Serro Y, em Guia Lopes da Laguna, a 234 quilômetros da Capital.

Segundo informações do boletim de ocorrência, registrado pela equipe da Polícia Militar, por volta das 20 horas as vítimas assistiam televisão em casa, quando o homem identificado como Valdinei chegou ao local. A mulher de 59 anos afirmou que o conhece e também que ele chegou ao local dizendo “Agora vocês vão ver”.

Ela recebeu um golpe de facão no rosto e se esquivou, mas sofreu um ferimento pequeno no supercílio. Já Edenir, que conforme o registro policial era deficiente auditiva, ficou assistindo televisão sozinha sem perceber o que estava acontecendo, enquanto a irmã correu para buscar ajuda.

Edenir foi encontrada caída perto de uma cerca da casa e tinha ferimentos na cabeça. Ela não resistiu e o caso é tratado pela polícia como homicídio simples. O autor do crime não foi localizado.