Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 8 de Maio de 2021

Policial

Dívida de drogas pode ter sido pivô de assassinato no Altos da Figueira

No sábado pela manhã saiu com um celular e um tablet rosa. Minutos depois, acabou morto com um tiro no peito quando passava pela Rua Rosa da Silva.

Flávio Paes/Região News

13 de Novembro de 2016 - 23:10

O assassinato de Lucas Nascimento Batista, 22 anos, morto com um tiro no peito sábado pela manhã no Altos da Figueira, pode ter sido motivado por uma dívida de drogas. Esta é uma das linhas de investigação da Polícia Civil que já tem um suspeito do crime. O autor do disparo completou 18 anos há pouco tempo e mora na vizinhança. Recentemente esteve preso suspeito da autoria de outro crime.

Conforme relato de familiares, Lucas que morava com a mãe, o padrasto e uma irmã menor de idade no Residencial Altos da Figueira, há algum tempo consumia drogas, principalmente maconha. Eles afirmam desconhecer que estivesse devendo algum traficante.

No sábado pela manhã saiu com um celular e um tablet rosa. Minutos depois, acabou morto com um tiro no peito quando passava pela Rua Rosa da Silva, poucos metros adiante de onde morava. Socorrido pelo SAMU (Serviço Atendimento Móvel de Urgência) morreu ao dar entrada no hospital.