Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Policial

Ela tem a proteção de Deus” diz irmã de idosa que foi atingida por seis tiros

De acordo com a assessoria de imprensa da Santa Casa, Maria passou por cirurgia neste domingo e está na enfermaria, se recuperando bem

Campo Grande News

03 de Setembro de 2013 - 08:26

“Ela tem a proteção de Deus”. A frase é de Nadir Machado dos Santos, irmã de Maria Veríssimo Machado, 63 anos, que foi atingida por seis tiros, disparados pelo ex-marido, José Calazans, na manhã de domingo (1º) na Travessa Hiléia, no bairro Moreninha III, em Campo Grande.

De acordo com a assessoria de imprensa da Santa Casa, Maria passou por cirurgia neste domingo e está na enfermaria, se recuperando bem. “Estou muito contente, muito feliz. Se Deus quiser logo ela vai estar em casa”, diz Nadir que acompanha a irmã, desde ontem, no hospital.

O caso - José Calazans estava separado de Maria há dois meses e não aceitava o fim do relacionamento. Ontem de manhã ele foi até a casa da vítima, a chamou no portão e ao atendê-lo foi recebida a tiros pelo ex-marido. A idosa foi atingida na barriga e encaminhada pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico) para a Santa Casa, onde passou por cirurgia.

Prisão - José foi detido, logo depois, enquanto conduzia um veículo Saveiro, de cor branca, na Cidade Morena, perto do local do crime. Ele foi preso em flagrante por tentativa de homicídio e encaminhado pela Polícia Militar para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga. A arma, um revólver calibre 38, foi apreendida com José.

Nadir contou que os dois foram casados por seis anos e José não aceitava a separação. Além disso, Maria vendeu um carro, que pertencia ao casal, por R$ 8 mil e deu R$ 1,5 mil para ele. Isso também era motivo de discussão.