Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 1 de Dezembro de 2020

Policial

Em 2011, caixas eletrônicos do Banco do Brasil foram duas vezes alvos de marginais

Nas duas ocasiões em que investiram contra o banco: conseguiram levar dinheiro dos caixas, depois de arrombar as máquinas usando maçaricos.

Flávio Paes/Região News

20 de Julho de 2014 - 20:55

Nos últimos três anos os caixas eletrônicos do Banco do Brasil em Sidrolândia foram  três vezes alvos dos marginais. Antes da investida deste domingo, quando quatro homens tentaram, sem sucesso, assaltar o banco usando explosivos e um pé de cabra, em 2011, os marginais tiveram mais sucesso.

Nas duas ocasiões em que investiram contra o banco: conseguiram levar dinheiro dos caixas, depois de arrombar as máquinas usando maçaricos. No dia 30 de abril de 2011 os marginais entraram no Supermercado Nandas, onde funciona um caixa eletrônico.

Fortemente armados, eles renderam três funcionários que faziam serviços de manutenção no sistema de informática e arrombaram o caixa eletrônico. A ação durou alguns minutos, tempo suficiente para que os bandidos arrombassem o caixa usando um maçarico. A agência bancaria não divulgou na época a quantia levada pelos meliantes.

Já na madrugada do dia 12 de setembro, do mesmo ano, uma segunda-feira, dois caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil foram arrombados. Os assaltantes estenderam uma lona preta na vidraça da agência para não serem percebidos por populares que poderiam passar pela rua.

Duas máquinas (caixa eletrônico) foram arrombadas. A Polícia Militar foi acionada por um cliente do banco que por volta das 06h30min da manhã, ao tentar efetuar uma transação eletrônica, encontrou o local revirado e os caixas estourados. O fato curioso é que na época, o alarme da agência não disparou.

A empresa Forte Sul, que faz a segurança da instituição financeira e que deveria entrar em contato com a Polícia em casos como este, não quis comentar o caso.