Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 4 de Julho de 2022

Policial

Estudante é preso por torturar gato com tiros de espingarda

De acordo com informações da Polícia Militar Ambiental (PMA), que recebeu denúncia de maus-tratos e foi averiguá-la, o animal foi encontrado ferido

Correio do Estado

28 de Outubro de 2015 - 09:53

Estudante, de 26 anos, foi preso depois de torturar gato com tiros de espingarda, ontem (26), na cidade de Aparecida do Taboado – distante 467 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com informações da Polícia Militar Ambiental (PMA), que recebeu denúncia de maus-tratos e foi averiguá-la, o animal foi encontrado ferido e com dificuldades de locomoção.

O rapaz, dono do gato, admitiu o crime e entregou a espingarda de pressão que usava.

A arma foi apreendida e o animal recolhido, sendo entregue para um veterinário. Já o autor foi preso e encaminhado à delegacia, onde foi autuado por crime ambiental de maus-tratos a animais, que prevê pena de três meses a um ano de detenção.

Ele também foi multado administrativamente em R$ 1,5 mil.