Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 11 de Agosto de 2022

Policial

Garota de 13 anos mata aula para ir a motel com pastor e mãe denuncia caso

Conforme a polícia, a mulher de 33 anos, mãe da adolescente, contou que foi à escola e descobriu que a menina havia matado aula.

Campo Grande News

02 de Dezembro de 2015 - 14:00

A Polícia Civil investiga caso de uma adolescente de 13 anos que mantém relacionamento com um pastor de 46 anos na região do Bairro Moreninha III. O crime configura estupro de vulnerável, porque a garota tem menos de 14 anos.

Conforme a polícia, a mulher de 33 anos, mãe da adolescente, contou que foi à escola e descobriu que a menina havia matado aula. Desconfiada, a mãe esperou a garota chegar em casa e passou a questioná-la, foi quando a menina abriu o jogo dizendo que tinha passado à tarde em um motel com o pastor.

A mulher contou ainda à polícia, que o pastor é da igreja, onde frequenta com a família. O caso, que aconteceu na última sexta-feira (25), é investigado pela DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). No dia do crime, a Polícia Militar foi à casa do homem, mas ele não estava no local. O autor também trabalha como carpinteiro de obras.

Em setembro deste ano, relacionamento entre padre e uma adolescente de 16 anos também foi parar na polícia. Jocerlei José Tavares, vigário da Paroquia Santa Rita de Cássia, no Bairro Universitário II, foi afastado da igreja após engravidar uma menina de 16 anos depois de manter relacionamento em segredo por nove meses.