Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 15 de Agosto de 2022

Policial

Homem achado morto depois de chuva é identificado por digitais

O delegado informou, ainda, que aguarda resultado do exame necroscópico que vai indicar a causa da morte

Correio do Estado

08 de Dezembro de 2015 - 10:45

O homem que foi encontrado morto depois de temporal que causou estragos em Campo Grande, no sábado (5), foi identificado como Everton Vieira da Silva, 23 anos. Ele estava preso em galhos, à margem do Córrego Segredo, debaixo da ponte que fica no cruzamento entre as Avenidas Ernesto Geisel e Manoel da Costa Lima. A suspeita é que tenha sido arrastado por enxurrada.

De acordo com informações do delegado Gomides Ferreira Neto, da 5ª delegacia onde o caso é investigado, a identificação foi feita no fim da tarde de ontem (7), por meio de impressões digitais. Nenhum familiar apareceu, nem registro de desaparecimento foi registrado no nome da vítima.

O delegado informou, ainda, que aguarda resultado do exame necroscópico que vai indicar a causa da morte. Não é descartado afogamento. Segundo a Polícia Civil, Everton tinha diversas passagens por furto e ameaça quando era adolescente.

OUTRO CASO

Em janeiro de 2012, forte chuva na Capital causou a morte de um motociclista. Ele enfrentou o temporal e transitava pela Rua Vitor Meireles quando foi arrastado por enxurrada e cai em um bueiro que fica na esquina com a Avenida Gury Marques, no Bairro Universitário.

O buraco não tinha grade de proteção e dias depois foi improvisado cercado com madeiras, que está até hoje. O corpo do motociclista foi encontrado horas depois, enroscado em galhos de árvores no Córrego Bálsamo, no Bairro Colibri.

Na época, foi divulgado somente que ele tinha 21 anos.