Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 27 de Novembro de 2020

Policial

Homem que matou e esquartejou enteada de 18 anos no Paraná é preso em MS

Conforme a Polícia Civil, Geciro estava escondido em Mundo Novo depois de matar a jovem Fabiana Pereira Cologe e esconder o corpo dela em uma fossa

Campo Grande News

15 de Julho de 2014 - 10:26

Um homem de 34 que matou e esquartejou a enteada de 18 na cidade de Roncador, Noroeste do Paraná, em 2003, foi preso por policiais civis do SIG (Serviço de Investigações Gerais) de Mundo Novo – a 476 quilômetros de Campo Grande – nesta terça-feira (15). Geciro Paula de Oliveira foi julgado e condenado a 13 anos de prisão, em 2010, mas estava foragido.

Conforme a Polícia Civil, Geciro estava escondido em Mundo Novo depois de matar a jovem Fabiana Pereira Cologe e esconder o corpo dela em uma fossa. Diante das informações recebidas pelo SIG, os policias encontraram o acusado próximo a linha de fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. Ele está detido no setor de custódia e deverá ser removido para o estado do Paraná.

Crime – Conforme o site Bem Paraná, Geciro matou a enteada em 28 de setembro de 2003. Ele assassinou a jovem com um tiro de revólver na cabeça e esquartejou o corpo dela. Depois, ocultou o cadáver em uma fossa séptica.

Conforme o Ministério Público do Paraná, Geciro praticou o crime por problemas familiares. Ele foi julgado à revelia em abril de 2010 e condenado a 13 anos de reclusão em regime inicial fechado por homicídio qualificado causado por motivo fútil.

O padrasto da vítima também foi condenado a um ano e quatro meses de reclusão e multa pela destruição e ocultação do cadáver, mas o crime prescreveu. Geciro permaneceu foragido durante todo do tempo.