Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 16 de Janeiro de 2022

Policial

Índia morre após espancamento na Aldeia Bororó

Ela estava internada desde quinta-feira após ser agredida a pauladas por outra indígena na Aldeia Bororó

Dourados News

07 de Maio de 2011 - 09:35

Felícia Romeiro, 60 anos, morreu nesta sexta-feira por volta das 17h no Hospital da Vida. Ela estava internada desde quinta-feira após ser agredida a pauladas por outra indígena na Aldeia Bororó.

Segundo informações da polícia, ela e a filha, Rosana Romeiro, 23 anos, estavam bebendo cachaça com mais algumas pessoas, quando começou a briga entre Felícia e a outra integrante do grupo.

Foi quando a mulher passou a ser fortemente agredida a pauladas, causando ferimentos, principalmente nas costas e no peito. A filha ao tentar defender a mãe, teve um dedo da mão direita amputado por uma mordida da agressora.

As duas mulheres foram socorridas a principio ao Hospital da Missão Caiuá. Rosana, que perdeu o dedo, após ser medicada, foi liberada, mas a mãe, teve que ser transferida para o Hospital da Vida, onde veio morrer ontem por não resistir aos ferimentos.