Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 3 de Julho de 2022

Policial

Jovem é encontrado morto com tiro na cabeça e polícia suspeita de crime passional

A suspeita é que o crime tenha motivação passional, já que a vítima mantinha relacionamento com dois homens.

Midia max

13 de Novembro de 2015 - 16:27

Márcio Renato Barbosa Pereira, de 23 anos, foi encontrado morto por populares com um ferimento de arma de fogo na cabeça, na madrugada desta sexta-feira (13), próximo ao ginásio da prefeitura de Antônio João, a 283 quilômetros de Campo Grande. A suspeita é que o crime tenha motivação passional, já que a vítima mantinha relacionamento com dois homens.

Conforme o boletim de ocorrência, Márcio foi encontrado com um ferimento na cabeça, a perícia foi acionada e constatou que o rapaz foi morto com um tiro de revólver calibre 22. A bala, segundo o laudo preliminar, entrou pelo olho esquerdo e se alojou na coluna cervical da vítima, sugerindo que o tiro tenha sido efetuado de cima para baixo.

Cerca de 500 metros do corpo, a polícia apreendeu um Renault Clio, com placa HRG-4842, de Três Lagoas, que pertence ao vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Antônio João Kamil kalil Hazime. O carro estava com o vidro do motorista aberto, com o cabo da bateria desconectado e com uma chave de outro veículo na porta do motorista.

Segundo testemunhas, minutos antes do crime, a vítima foi vista dentro do Renault com uma segunda pessoa. Além disso, familiares de Márcio contaram à polícia que na noite de quinta-feira (12), ele estava em um bar da cidade na companhia de duas amigas, quando recebeu uma ligação. Por telefone, a vítima respondeu que ‘já estava indo’ e não foi mais vista.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Sueili Araujo Lima Rocha, o autor do homicídio já foi identificado e segue foragido. Equipes policiais realizam diligências para localizá-lo e a expectativa, conforme a delegada, é realizar a prisão ainda nesta sexta-feira.

Ainda segundo Sueili, a principal hipótese é que o crime seja passional, já que testemunhas relataram que a vítima mantinha um relacionamento com dois homens, sendo que um deles não tinha a identidade revelada por Márcio. O caso foi registrado como homicídio simples na Delegacia de Polícia Civil da cidade.