Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 5 de Julho de 2022

Policial

Jovem espanca idoso, companheira e confusão termina até com policiais feridos

Equipe da Polícia Militar foi chamada e fez buscas pelo bairro. Wanderson foi encontrado escondido em um matagal ao lado do cemitério da cidade.

Correio do Estado

16 de Novembro de 2015 - 10:45

Wanderson Souza da Silva, de 22 anos, foi preso no fim da tarde deste domingo (15) depois de agredir a pauladas, socos e chutes um idoso de 73 anos e a companheira dele, de 59 anos. Antes da prisão, houve perseguição, policiais foram encurralados e ficaram feridos em Jardim, distante 239 quilômetros da Capital.

Conforme o registro policial, tudo começou depois que Wanderson foi até a casa do idoso, localizada no bairro Santa Luzia, e começou a agredi-lo. A irmã do rapaz, identificada como Gisele, também teria ajudado nas agressões que ainda não tiveram o motivo revelado.

Equipe da Polícia Militar foi chamada e fez buscas pelo bairro. Wanderson foi encontrado escondido em um matagal ao lado do cemitério da cidade.

Antes mesmo da polícia render o jovem, ele tentou ferir os policiais com uma faca. Um dos agentes teve a farda rasgada e por pouco não teve corte no abdômen.

Diante da situação, várias pessoas que estavam na região entraram no matagal e partiram para cima dos policiais, que foram agredidos com socos e chutes. Os militares tiveram de recuar e chamaram reforço de cidade vizinha, Guia Lopes da Laguna.

Wanderson acabou fugindo com uma algema presa em um dos punhos. Horas depois da chegada do reforço, o rapaz foi preso.

O casal de idosos teve ferimentos por todo o corpo, mas passa bem. Os policiais também não tiveram ferimentos graves. O caso foi registrado como tentativa de homicídio, lesão corporal e resistência na 1ª delegacia de polícia da cidade.