Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 7 de Dezembro de 2021

Policial

Maníaco da Cruz deve voltar a liberdade em outubro, segundo determinação do ECA

O adolescente está internado na Unei (Unidade Educacional de Internação) de Ponta Porã desde 2008

Dourados Agora

05 de Maio de 2011 - 09:00

O jovem que ficou conhecido como "Maníaco da Cruz", por assassinar três pessoas no Estado, deve ser solto até outubro deste ano. O adolescente está internado na Unei (Unidade Educacional de Internação) de Ponta Porã desde 2008, e de acordo com o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), o período máximo de internação é de 3 anos.

Os assassinatos aconteceram em Rio Brilhante, em outubro de 2008. As vítimas foram o pedreiro Catalino Gardena, a frentista Letícia Neves de Oliveira e Gleixe Kelly da Silva,assassinadas em menos de três meses.

O Maníaco da Cruz escolhia suas vítimas aleatoriamente e as obrigava a responder várias perguntas sobre a vida sexual. Se fossem consideradas impuras, eram assassinadas e os corpos eram posicionados em sinal de crucificação.

O adolescente era fã de Francisco Pereira de Assis, o Maníaco do Parque, e disse à polícia que tinha intenção de matar mais pessoas do que o criminoso de São Paulo, que estuprou e assassinou sete mulheres.