Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 7 de Maio de 2021

Policial

Menino estuprado por adolescentes terá acompanhamento psicológico

Os agressores, de 15 e 16 anos, permanecem apreendidos na delegacia do município.

Correio do Estado

04 de Dezembro de 2016 - 20:44

Menino de 10 anos, vítima de estupro, terá acompanhamento psicológico junto com a família em Coxim. Os agressores, de 15 e 16 anos, permanecem apreendidos na delegacia do município.

Depois de alta hospitalar, ontem, o tratamento será continuado no Centro de Referência de Assistência Social (Cras). Essa etapa, conforme o secretário de saúde Rogério Souto ao site Edição de Notícias, pode auxiliar a “minimizar a dor dessa família e, principalmente, da vítima”.

CRIME

Adolescentes de 15 e 16 anos embebedaram, na quinta-feira (1º), o menino antes de estuprá-lo na residência do mais velho no Bairro Santa Maria.

Mistura de vodca e cachaça teria levado a vítima a vomitar, sendo justificativa para banho que resultou na agressão sexual. Seus pais o encontraram em estado de coma alcoólico.

Em depoimento, somente o mais velho admitiu o crime ao se aproveitar da ausência da mãe que estava viajando. Os dois aguardam, na delegacia da cidade, transferência para Unidade Educacional de Internação (Unei) determinada em audiência de custódia na sexta-feira (2).

Caso condenados por ato infracional equiparado a estupro de vulnerável, os adolescentes podem ficar até três anos internados.