Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Policial

Nova campanha do desarmamento será lançada nesta sexta

O ministério também promete agilidade no pagamento da indenização: depois de 24 horas até, no máximo, 30 dias após a entrega

Campo Grande News

05 de Maio de 2011 - 15:54

O Ministério da Justiça lança nesta sexta-feira, às 9 horas, no Rio de Janeiro, nova campanha nacional de desarmamento.

Com o slogan “Tire uma arma do futuro do Brasil”, a campanha apresenta novidades este ano. Uma delas é o anonimato para quem entregar, além da inutilização da arma já no ato da entrega.

Após a inutilização, as armas serão encaminhadas à Polícia Federal para o descarte total, que poderá ser feito por meio da queima em fornos industriais de alta temperatura.

O ministério também promete agilidade no pagamento da indenização: depois de 24 horas até, no máximo, 30 dias após a entrega.

Os valores da indenização podem variar de R$ 100 a R$ 300, de acordo com o tipo da arma.

Para este ano, a rede de recolhimento foi ampliada. Além das delegacias da Polícia Federal, outros locais serão credenciados gradualmente pelo Ministério da Justiça.

Conforme o Ministério da Justiça, a campanha estava prevista para junho, mas foi antecipada após a tragédia na escola do Realengo, do Rio de Janeiro. A pasta deve investir R$ 10 milhões em ações para o recolhimento das armas e pagamento de indenizações.

Nas duas campanhas anteriores foram recolhidas cerca de 550 mil armas, número que o Ministério e as instituições parceiras esperam superar neste ano.