Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Outubro de 2021

Policial

PMA autua em R$ 5 mil campo-grandense que construía condomínio em área protegida do rio Miranda

O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada – PRAD

PMA/MS

26 de Novembro de 2014 - 10:05

Policiais Militares Ambientais de Miranda (MS) realizavam fiscalização, ontem à tarde, no rio Miranda, no município e localizaram na região do bairro Maria do Rosário, uma construção ilegal à margem do rio. O proprietário de um terreno realizou a retirada da vegetação da área para a construção de um condomínio, distante 180 metros da margem do rio, porém, a área é de várzea e ele ainda havia destruído as matas ciliares de uma pequena Lagoa, que é área de preservação permanente. Também foram derrubadas duas árvores da espécie angico, tudo sem autorização ambiental.

Os policiais interditaram as atividades. Pela infração administrativa, o autuado, de 48 anos, residente em Campo Grande (MS) recebeu multa de R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada – PRAD.