Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 25 de Maio de 2022

Policial

PMA autua em R$ 7,7 mil pescador por armazenamento de 128 kg de pescado ilegal

A PMA foi ao local e verificou que vários exemplares se apresentavam fora da medida permitida por lei.

Midiamax

05 de Dezembro de 2015 - 07:18

Policiais Militares Ambientais de Aquidauana, cidade a 140 quilômetros de Campo Grande, foram acionados ontem pela Polícia Civil para proceder apreensão e os autos administrativos relativos a pescado ilegal encontrado em uma residência de um infrator de 28 anos. Os policiais civis cumpriam mandado de busca e apreensão devido à suspeita de posse de armas e encontraram em dois frízeres 128 kg de pescado das espécies pintado e cachara.

A PMA foi ao local e verificou que vários exemplares se apresentavam fora da medida permitida por lei. Também foram encontradas três redes de pesca, quatro tarrafas e 40 anzóis de galho (petrechos proibidos). O pescado, os frízeres e os petrechos ilegais foram apreendidos.

O infrator, residente em Anastácio, recebeu voz de prisão e foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil da cidade, onde ele foi autuado por crime ambiental de armazenamento de produto da pesca predatória. Se condenado poderá pegar pena de um a três anos de detenção. O autuado também recebeu multa de R$ 7.760,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas da cidade, depois de periciado.