Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 24 de Junho de 2021

Policial

PMA autua empresa em R$ 9 mil por exploração ilegal de madeira no fundo Lago da Usina Sérgio Motta

O dono da empresa, residente em Botucatu (SP) responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

Assessoria PMA

27 de Agosto de 2013 - 14:33

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu (MS) realizavam fiscalização ontem no lago da Usina Sérgio Motta e autuaram uma empresa que explorava madeira ilegalmente.

Os policiais localizaram um rebocador, com uma balsa de 26 metros, onde eram colocadas as toras de madeiras retiradas do fundo do lago. Foram apreendidas 10 toras de madeira da espécie “angico”, medindo 30 m³, que eram exploradas sem autorização ambiental. Também foram apreendidas a balsa e o rebocador, bem como uma motosserra subaquática utilizada na retirada da madeira no fundo da água.

A empresa, com domicilio jurídico em Presidente Epitácio (SP) foi autuada administrativamente e multada em R$ 9.000,00. O dono da empresa, residente em Botucatu (SP) responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção.