Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 8 de Março de 2021

Policial

PMA autua fazendeiro em R$ 93 mil por desmatamento e exploração ilegal de madeira

A área explorada e desmatada mediu 84 hectares e foram derrubadas árvores das espécies “faveiro”, “angico”, “ipê” e várias outras espécies

PMA/MS

06 de Outubro de 2014 - 13:40

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu (MS) em fiscalização nas propriedades rurais do município de Ribas do Rio Pardo (MS) autuaram ontem no final da tarde, um pecuarista que explorava madeira e fazia desmatamento ilegalmente. Na propriedade rural, os policiais verificaram que o dono havia derrubado diversas árvores esparsas (seletivamente) em uma área de pastagem que estava sendo renovada e desmatado uma área de mata, para a exploração da madeira, sem autorização ambiental.

A área explorada e desmatada mediu 84 hectares e foram derrubadas árvores das espécies “faveiro”, “angico”, “ipê” e várias outras espécies, para exploração da madeira sem autorização. A madeira foi apreendida e as atividades foram interditadas.

O fazendeiro, de 47 anos, residente em Nova Andradina (MS) foi autuado administrativamente e multado em R$ 93.000,00 por explorar madeira e efetuar desmatamento sem autorização. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção.