Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Policial

PMA autua fazendeiro por destruição de matas ciliares de córrego, para construir tanques de piscicultura

O fazendeiro foi autuado administrativamente e multado em R$ 10.000,00. Ele também responderá por crime ambiental de destruir área de preservação permanente

Assessoria

23 de Agosto de 2013 - 13:10

Policiais Militares Ambientais de Bonito (MS) realizavam fiscalização nas propriedades rurais do município e autuaram ontem á tarde um fazendeiro por degradação de área de preservação Permanente – APP (mata ciliar) de um curso d’água em sua propriedade.

O proprietário rural, residente em Bonito (MS) havia perfurado 1,2 hectares de área protegida por lei, às margens de um córrego, que envolveu a supressão vegetal sem autorização ambiental. 

O fazendeiro foi autuado administrativamente e multado em R$ 10.000,00. Ele também responderá por crime ambiental de destruir área de preservação permanente. Se condenado por este crime, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

A PMA determinou a interdição da área para proteção e recuperação. O proprietário também foi notificado a apresentar projeto de recuperação de área degradada (PRAD) junto aos órgãos ambientais.