Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 3 de Dezembro de 2021

Policial

PMA prende pescador e apreende 35 kg de peixes e 2,5 km de redes de pesca ilegais

A pena para este crime é de um a três anos de prisão. O pescador foi multado administrativamente em R$ 2.820,00.

Assessoria

27 de Agosto de 2013 - 14:10

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Cassilândia (MS) realizava fiscalização no rio Aporé, em Paranaíba ontem e prendeu um pescador por pesca predatória. Ele foi preso em flagrante quando estava em uma embarcação e pescava com redes de pesca (petrecho proibido).

O autuado começava a pescaria e retirava peixes de cinco redes que ele havia armado. A PMA apreendeu as redes, medindo 0,5 kg e 36 kg de pescado, que ele retirara do material predatório. Os policiais ainda soltaram mais 15 kg de peixes que estavam vivos nas redes de pesca. Também foram apreendidos um motor de popa, um barco, uma caixa de isopor, quatro molinetes e três carretilhas.

O pescador, de 30 anos, residente em Paranaíba, recebeu voz de prisão e foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à delegacia de polícia civil de Paranaíba, onde ele foi autuado em flagrante por pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de prisão. O pescador foi multado administrativamente em R$ 2.820,00.

Os policaias ainda retiraram do rio Paranaíba e Aporé 2 km de redes de pesca que estavam armadas. Os proprietários dos petrechos não foram identificados. Foram soltos em torno de 48 kg de peixes que estavam presos ao material ilegal, porém, vivos.