Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

Policial

Polícia Civil apreende contrabando de anabolizantes em Mundo Novo

Correio do Estado

17 de Junho de 2024 - 09:36

Polícia Civil apreende contrabando de anabolizantes em Mundo Novo
Apreensão da Polícia Civil em Mundo Novo - Divulgação.

Neste domingo (16), a Polícia Civil apreendeu um veículo Fiat Toro carregado com produtos contrabandeados do Paraguai. Entre os itens encontrados no veículos estavam mais de 4 mil anabolizantes, mais de 200 telefones celulares, 1700 cigarros eletrônicos e um rádio comunicador.

A operação teve início após a Delegacia de Mundo Novo receber informações sobre um veículo em atitude suspeita às margens da estrada que dá acesso ao Porto Isabel. Os policiais se dirigiram ao local e abordaram o condutor, que foi encaminhado para a delegacia com o veículo e as cargas.

O valor dos produtos apreendidos supera meio milhão de reais. Além disso, foi constatado que o carro estava com placas falsas e, após consulta ao número do chassi, verificou-se que o veículo havia sido furtado em Londrina, no Paraná, em abril de 2023.

O condutor do veículo, de 23 anos, irá responder por receptação, descaminho, desenvolvimento clandestino de atividades de telecomunicação, falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais adquiridos de estabelecimento sem licença, contrabando e adulteração de sinal identificador de veículo.Produtos Apreendidos:

  • Veículo: 1 Fiat Toro
  • Celulares: 2 Xiaomi Redmi, 1 Xiaomi Poco 65, 2 iPhone 13, 27 Xiaomi Redmi 13 C, 8 Xiaomi Redmi C 67, 26 Xiaomi Redmi C 53, 5 Xiaomi Redmi C 51, 60 Xiaomi Note 50, 15 Xiaomi Poco X6 Pro, 6 Xiaomi Note 13 Pro, 55 Xiaomi Note 12, 10 Xiaomi Note 12 5G, 12 Xiaomi Note 13 Pro 5G
  • Rádio Comunicador: 1 Baofeng
  • Cigarros Eletrônicos: 340 caixas de Vaper V150 com 5 unidades cada
  • Anabolizantes e Medicamentos Diversos: Incluindo Sustan, Testoviron, Textex, Estanozol, Parabolan, Drostanolona Propionato, Testenat Depot, Testosterona Propionato, Deland, IEF-LR3, Primobolan, Masteron, comprimidos diversos, Deca Durabolin, Dextrosa em Pó, Oxandroland, Oxitolano, Androlic, Oxitoland, Clembotenol, Durateston, Koba 1500mg, Brontel, Susololic, NPPGen 100, Somatropin, Primobolic, Testo P, Boldenone, Stanozoland Depot 50 mg, Finaplix 10 ml, Testoviron 10ml, Bolbabolic, D-Bol, Fenilpropionato de Nandrolona, Enantato Metenolona 100mg – 10mg, Stanozolol 50 mg, Undecilenato de Boldenona, Metandrostenolona 10 mg Landerlan, Texto P – 150 mg, Trenanbolic Enanthate 200 mg, Tenbolone Acetate 10/100mg, Nanbolic PH, Acetato de Trembolona 10 ml/100mg, Propionato de Drostanilona 100mg/10ml, Cipionato de Testosterona, B-Blend, Sales de Testosterona 10ml/250mg, Propionato de Testosterona 100mg/10ml, Decanoato de Nandrolona 200mg/10ml, Enantato de Metenolona 100mg/10ml, Stanozol 50mg/10ml, Stanozol, Sales de Testosterona, Acetato de Trembolon, Enantato de Testosterona 10ml/100mg, Enantato de Testosterona 10ml/250mg, Propionato de Drostanolona 100 mg/10ml.

Uso de Anabolizantes

O uso de anabolizantes tem se tornado cada vez mais comum entre homens e mulheres, tanto para fins estéticos quanto para melhorar a performance física. Os esteroides androgênicos anabólicos, substâncias sintéticas que imitam a testosterona, promovem o crescimento celular e de tecidos, como ossos e músculos, além de aumentar a força.

Embora sejam uma solução rápida para alcançar objetivos físicos, os esteroides anabolizantes são substâncias sintéticas que atuam de forma diferente dos hormônios naturais do corpo, causando efeitos farmacológicos e antifisiológicos.

Os anabolizantes podem levar a inflamações, lipogênese, hiperglicemia, hipertensão arterial, distúrbios sistêmicos, perda de massa óssea, distúrbios imunológicos, distúrbios hepatorrenais e doenças cardiovasculares.

Além disso, podem provocar irritabilidade, agressividade, aumento da resistência à insulina, instabilidade nos processos de recrutamento de energia e fim prematuro da fase de crescimento em usuários jovens.

O uso contínuo de esteroides anabolizantes pode causar hipogonadismo, uma condição que afeta a produção de hormônios sexuais. Nos homens, isso resulta em deficiência de testosterona e produção de espermatozoides, enquanto nas mulheres afeta a produção de estrogênio e progesterona. Esse uso pode levar a dependência evolutiva, com piora da condição física, como perda de massa muscular e ganho de peso.

Homens podem desenvolver ginecomastia, atrofia testicular e infertilidade. Mulheres podem enfrentar atrofia das mamas, esterilidade, aumento de pelos, engrossamento da voz e hipertrofia do clitóris. O uso crônico de anabolizantes pode suprimir a produção natural de hormônios pelo corpo, resultando em desequilíbrios hormonais e várias doenças crônicas e autoimunes.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) proíbe o uso de esteroides anabolizantes para fins estéticos. Em atletas, o uso é considerado doping e leva à desclassificação de competições. O uso é liberado em situações clínicas específicas, os médicos podem prescrever anabolizantes em doses controladas para tratar disfunções hormonais, sempre seguindo as normas legais e com receita médica retida em farmácias.