Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 18 de Setembro de 2021

Policial

Polícia Federal e Bope prendem um dos chefes do esquema de compra de lotes do Incra

Ivo foi preso enquanto andava pela cidade de Itaquiraí, município onde fica o assentamento Lua Branca, em que tinha um lote e morava com a família

Midiamax

09 de Setembro de 2013 - 07:51

A Polícia Federal em operação conjunta com o Bope de Mato Grosso do Sul e o Incra-MS, prendeu nesta tarde (8) José Vitoriano de Andrade, vulgo Ivo, acusado de ser um dos chefes do esquema de compra e venda irregular de lotes da Reforma Agrária.

Ivo foi preso enquanto andava pela cidade de Itaquiraí, município onde fica o assentamento Lua Branca, em que tinha um lote e morava com a família. Em sua casa tinha até uma piscina semi-olímpica e, apesar de ser um dos beneficiados pelo Incra-MS, não incentivava o respeito pela fila e fazia negociações de lotes.

A mulher de Ivo já estava presa, quando a polícia foi até a casa procurar Ivo e encontrou munições para vários tipos de armas, sem autorização. O esquema de venda e compra era feita por toda região sul do Estado.

O Incra-MS cumpre o despejo de várias famílias que comprovadamente estão irregularmente no lote, nas cidades de Ponta Porã, Itaquiraí, Naviraí, Angélica, Antônio João e Bela Vista.

Ivo deverá responder pelo crime de estelionato em regime fechado por até seis anos e também deve ser preso pelo crime de formação de quadrilha.

Além dele, Ronaldo Doestério foi preso neste domingo. Ele invadiu novamente um lote no assentamento Santo Antônio, onde já havia sido retirado por estar no lote irregularmente. Neste lote havia um supermercado.

Segundo a assessoria do Incra-MS, a Polícia Federal está com um trabalho intenso para verificar outras irregularidades em lotes, como uma pista de 1.200 metros para pousos e decolagens de aviões que foi encontrada em um assentamento em Bela Vista. Esta pista deverá ser destruída ainda esta semana.