Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Policial

Polícia ouve homem que teve cerca de 90% queimado e continua sem pistas

Hugo Ledesma ficou pouco mais de dois meses internado na Santa Casa de Campo Grande. Ele recebeu alta no final de setembro e está em casa com a família.

Campo Grande News

19 de Agosto de 2013 - 08:40

A Polícia já ouviu o funcionário público, Hugo Alves Ledesma, 29 anos, que teve cerca de 90% do corpo queimado no dia 26 de maio desse ano, no Jardim Zé Pereira, em Campo Grande.

Segundo o responsável pelas investigações, delegado Luiz Carlos Rodrigues, a vítima disse que não se lembra do que aconteceu e o próximo passo agora, é ouvir os médicos da Santa Casa.

“Vamos ouvir o médico que acompanhou o caso dele e avaliar se esse esquecimento é normal. Também estamos atrás de testemunhas que moram próximo ou passaram no local onde ele foi queimado”, explica.

De acordo com o delegado, Hugo se recorda apenas que saiu da casa da namorada. Ele também reconheceu as roupas e os chinelos que utilizava no dia. Mas não fala nada sobre como o fogo começou e porque as roupas não foram danificadas.

O funcionário público deve passar por novo exame de corpo de delito nesta semana. O laudo da roupa dele que foi apreendida no dia, ainda não ficou pronto e deve ajudar nas investigações.

Hugo Ledesma ficou pouco mais de dois meses internado na Santa Casa de Campo Grande. Ele recebeu alta no final de setembro e está em casa com a família.