Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 13 de Junho de 2024

Policial

Polícia pede prisão preventiva de mulher que matou cunhado

Testemunhas falaram que Gabriela, de 19 anos, esfaqueou o sujeito após ele agredir a irmã dela.

Primeira Página

26 de Maio de 2024 - 18:37

Polícia pede prisão preventiva de mulher que matou cunhado
Polícia Militar no local onde jovem matou o cunhado, no bairro Taquaral do Bosque. Foto: Mateus Nunes

A Polícia Civil pediu a prisão preventiva de Gabriela Tajes da Silva, de 19 anos, que matou o cunhado, em Campo Grande. Ela continua desaparecida após esfaquear a vítima na madrugada deste domingo (26), no bairro Taquaral do Bosque.

Segundo informações do boletim de ocorrência, testemunhas relataram que o cunhado agrediu a irmã de Gabriela, por isso, ela o matou. Por volta das 2h39, a Polícia Militar foi acionada. No local, encontraram a vítima, um rapaz identificado como Pedro, de 18 anos, caído e sangrando no meio da rua Clark. A faca usada por Gabriela não foi encontrada.

As equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço Móvel de Urgência) constataram a morte. O caso foi registrado na Depac-Cepol (Delegaria de Pronto Atendimento Comunitário), no Tiradentes.