Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 14 de Junho de 2024

Policial

Procurado acusado de matar policial civil em Tacuru

A vítima foi morta dentro de casa, enquanto assistia televisão ao lado de sua esposa

Dourados Agora

03 de Setembro de 2012 - 08:52

A polícia procura por um dos acusados de ter assassinado o policial civil Miguel Honorato Abreu Holsbach, de 43 anos, na noite do último sábado, no município de Tacuru. A vítima foi morta dentro de casa, enquanto assistia televisão ao lado de sua esposa. Um dos envolvidos foi preso pela Polícia Civil horas após o crime.

Segundo informações do site Gazeta News, dois indivíduos invadiram a residência, localizada na área central da cidade, e dispararam contra Miguel que ainda tentou correr e se esconder em um cômodo da casa, mas devido à gravidade dos ferimentos, não resistiu e morreu. Sua mulher foi alvejada por pelos menos quatro tiros, mas foi socorrida e não corre risco de morte.

O pasteleiro José Vieira dos Santos, o “Magrão”, de 33 anos, confessou que participou da ação juntamente com seu irmão, Arnaldo Vieira do Santos, autor dos disparos, e que está foragido. Após a prisão, Magrão confessou à polícia que auxiliou no plano monitorando as atividades da vítima.

Durante depoimento a polícia descobriu que o crime foi motivado por vingança, já que tempos atrás, Miguel teria solucionado um caso de homicídio que tinha Arnaldo como autor, e por este motivo, o assassino jurou vingança. O policial foi atingido por disparos de uma pistola nove milímetros que ainda não foi encontrada. Na casa onde vive Magrão, foram apreendidos R$ 19 mil, dinheiro de origem suspeita.