Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 24 de Janeiro de 2022

Policial

Professor é preso por estupro e prometia pagar R$ 20 por sexo com crianças

Os policiais abordaram o condutor, um professor universitário, e encontraram as duas crianças agachadas no banco do passageiro.

Campo Grande News

27 de Maio de 2011 - 13:32

Um servidor público estadual de 52 anos foi preso na noite dessa quinta-feira em Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande, por estupro. Ele foi flagrado em carro da Secretaria de Estado de Produção com um casal de índios - de 12 e 13 anos - após ter tido relação sexual com um deles.

A PM (Polícia Militar) fazia rondas pelo município quando às 22h50min avistou o Fiat Uno oficial estacionado em local suspeito, cujo motorista tentou sair com o veículo ao perceber a aproximação policial.

Os policiais abordaram o condutor, um professor universitário, e encontraram as duas crianças agachadas no banco do passageiro.

O servidor disse aos policiais que estava apenas dando carona aos indígenas, os quais relataram que estavam agachados a pedido do homem.

Segundo a PM, as crianças contaram ainda que estavam nas proximidades do Auto Posto Divisa, na MS-164, quando foram abordadas pelo funcionário público, o qual ofereceu R$ 20 para que uma delas fizesse sexo com ele.

Conforme declaração dos menores à PM, eles aceitaram e entraram no carro. O autor então parou o automóvel em um local escuro e junto com uma das crianças foi para o interior do matagal.

No local, de acordo com relato à PM, a vítima tirou a calça e ficou de costas para o autor, que apenas abriu o zíper. O pagamento não foi feito porque, conforme dito pelas vítimas, o autor disse que precisaria trocar o dinheiro.

Segundo a PM, o casal de índios mora no Paraguai e foram encaminhados para exames médicos.

A Polícia Civil ouve o autor e as vítimas nesta sexta-feira. A ação na delegacia está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar.